Cotidiano

Município de Corumbá confirma primeira morte por dengue hemorrágica em 2020

Foi confirmada pela secretaria Municipal de Saúde de Corumbá, a primeira vítima fatal de dengue hemorrágica no município a 444 quilômetros de Campo Grande, nesta quinta-feira (9). Mas a informação ainda não foi confirmada pela SES-MS (Secretária de Estado de Saúde de Mato Grosso do Sul) que aguarda resultado de exame no Lacen (Laboratório Central […]

Ana Paula Chuva Publicado em 09/01/2020, às 15h55 - Atualizado em 10/01/2020, às 07h30

(Foto: Ilustrativa)
(Foto: Ilustrativa) - (Foto: Ilustrativa)

Foi confirmada pela secretaria Municipal de Saúde de Corumbá, a primeira vítima fatal de dengue hemorrágica no município a 444 quilômetros de Campo Grande, nesta quinta-feira (9). Mas a informação ainda não foi confirmada pela SES-MS (Secretária de Estado de Saúde de Mato Grosso do Sul) que aguarda resultado de exame no Lacen (Laboratório Central do Estado). 

De acordo com o site Diário Corumbaense, o paciente Lucian Andrade, 29 anos, foi internado no Hospital da Cassems e na terça-feira (7) foi transferido para a Santa Casa.

Na quarta-feira (8) o quadro de saúde se agravou e Lucian acabou vindo a óbito no CTI (Centro de Tratamento Intensivo) na manhã desta quinta-feira.

O exame feito em laboratório particular confirmou o diagnóstico da dengue hemorrágica no dia 3 de janeiro, cujos sintomas iniciais são parecidos com a dengue clássica. Apenas após o terceiro dia surgem as hemorragias que agravam a saúde do paciente que pode morrer em pouco tempo.

Por outro lado, a SES-MS informou que o até o momento não há morte por dengue no Estado e que a confirmação do óbito pela doença só será feita após resultado de exame feito no Lacen e que caso será priorizado.

* Matéria alterada às 16h10 para acréscimo de informações. 

Jornal Midiamax