Cotidiano

Prefeitura assina contrato para recapear avenidas da Duque de Caxias e Centenário

A Prefeitura de Campo Grande divulgou nesta terça-feira (9) que assinará ainda nesta semana, o contrato com a Caixa Econômica Federal, para liberar quase R$ 20 milhões, em recursos de emenda parlamentares, que serão destinados para obras de recapeamento na Avenida Duque de Caixas e Jardim Centenário. No prologamento da avenida serão investidos R$ R$ […]

Karina Campos Publicado em 09/06/2020, às 13h50 - Atualizado às 15h07

Último recapeamento havia sido feito há 20 anos. (Foto: Divulgação PMCG)
Último recapeamento havia sido feito há 20 anos. (Foto: Divulgação PMCG) - Último recapeamento havia sido feito há 20 anos. (Foto: Divulgação PMCG)

A Prefeitura de Campo Grande divulgou nesta terça-feira (9) que assinará ainda nesta semana, o contrato com a Caixa Econômica Federal, para liberar quase R$ 20 milhões, em recursos de emenda parlamentares, que serão destinados para obras de recapeamento na Avenida Duque de Caixas e Jardim Centenário.

No prologamento da avenida serão investidos R$ R$ 9.886.531,01, em um trecho de quase 19 quilômetros, considerando as duas pistas, após o viaduto sobre os trilhos, a Avenida Solon Padilha. A via da acesso a estradas da cidade como a BR-262, macro-anel e ao núcleo industrial de Indubrasil. O asfalto havia sido feito há 20 anos, quando a avenida foi duplicada. Atualmente, a via está desgastada e pavimentos soltos, devido ao grande fluxo no trânsito.

Já na região do Jardim Centenário, a pavimentação foi orçada de R$ 5,5 milhões. O projeto prevê a execução de 4,8 quilômetros de asfalto no bairro; serão pavimentadas as Ruas Itabarito, Xanxere, Baliza, Caxiuana, Limão, Barra da Corda, José da Silva, Regeneração, Seis de Outubro, Granada, Ribeirão das Neves,Morro do Chapéu e Moçambique.

Outra obra do projeto será a construção de 4 pontes de concreto na zona rural, sobre o Rio Anhandui, com investimentos de R$ 4,4 milhões.

Este projeto já havia sido planejado no fim do ano passado, e segundo a prefeitura, a documentação está pronta, aguardando apenas as assinaturas, elaboração dos projetos executivos e lançamento das licitações. As emendas são provenientes da Sudeco (Superintendência de Desenvolvimento do Centro-Oeste).

Jornal Midiamax