Cotidiano

Fazendeiro é multado em R$ 8 mil por desmatamento ilegal em Camapuã

A fiscalização da Polícia Militar Ambiental de São Gabriel do Oeste autuou nesta terça-feira (10), em R$ 8 mil, o proprietário de uma fazenda em Camapuã, por desmatamento ilegal de oito hectares de vegetação nativa do bioma cerrado. O proprietário da fazenda é paulista e a PMA detectou o desmatamento através do uso de GPS […]

Carolina Rocha Publicado em 10/11/2020, às 14h53 - Atualizado às 15h10

Divulgação Polícia Militar Ambiental de São Gabriel do Oeste.
Divulgação Polícia Militar Ambiental de São Gabriel do Oeste. - Divulgação Polícia Militar Ambiental de São Gabriel do Oeste.

A fiscalização da Polícia Militar Ambiental de São Gabriel do Oeste autuou nesta terça-feira (10), em R$ 8 mil, o proprietário de uma fazenda em Camapuã, por desmatamento ilegal de oito hectares de vegetação nativa do bioma cerrado.

O proprietário da fazenda é paulista e a PMA detectou o desmatamento através do uso de GPS e a caracterização do uso atual do solo com drone.

De acordo com a polícia, a área já estava gradeada para o plantio de pastagem, no intuito de se fazer criação de gado bovino. Não se sabe para onde ou para que foi utilizada a madeira proveniente da vegetação desmatada, pois não se encontrava mais no local.

Fazendeiro é multado em R$ 8 mil por desmatamento ilegal em Camapuã
Parte da terra desmatada na fazenda em Camapuã.

O proprietário das terras e infrator, é empresário de 68 anos e reside em Sorocaba (SP). Este que foi autuado administrativamente pelo desmatamento e multado em R$ 8.010,00. Ele também responderá por crime ambiental e sua pena pode chegar a seis meses de detenção.

Após ser autuado, o infrator precisa apresentar um plano de recuperação da área degradada e alterada, junto ao órgão ambiental estadual.

Jornal Midiamax