Cotidiano

Novo decreto vai prorrogar volta das aulas da rede estadual até 9 de outubro

Em reunião na tarde de quinta-feira (27), o Comitê Estadual Provisório de Volta às Aulas decidiu que será publicado um novo decreto adiando a suspensão das aulas na rede estadual até o dia 9 de outubro. Entretanto, não ficou definido se essa seria a data de retorno. “O retorno pode muito bem ser prorrogado novamente”, […]

Gabriel Maymone Publicado em 28/08/2020, às 13h17 - Atualizado às 17h21

Professor foi demitido em junho e conseguiu decisão favorável (SED, Divulgação)
Professor foi demitido em junho e conseguiu decisão favorável (SED, Divulgação) - Professor foi demitido em junho e conseguiu decisão favorável (SED, Divulgação)

Em reunião na tarde de quinta-feira (27), o Comitê Estadual Provisório de Volta às Aulas decidiu que será publicado um novo decreto adiando a suspensão das aulas na rede estadual até o dia 9 de outubro.

Entretanto, não ficou definido se essa seria a data de retorno. “O retorno pode muito bem ser prorrogado novamente”, declarou o presidente da Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul), Jaime Teixeira.

A Fetems é uma das entidades que integra o comitê estadual e defende o retorno presencial dos alunos às escolas somente em 2021. ““A maioria das entidades ligadas à educação em MS são contra o retorno em 2020”, disse à reportagem.

Conforme o dirigente, a entidade defende que o retorno seja somente em 2021 “e com os protocolos da OMS. Agora, não temos condições de termos aulas por vários motivos”, destacou.

Ainda segundo Teixeira, a SED está avaliando uma nova possibilidade de manter as aulas remotas. “Ainda não temos uma previsão de retorno das atividades presenciais. A federação irá manter reuniões a cada 15 dias para avaliar o cenário da pandemia.”

Jornal Midiamax