Cotidiano

Ministério da Saúde já destinou R$ 23 milhões para MS habilitar 157 leitos UTI

Relatório divulgado nesta sexta-feira (17) pelo Ministério da Saúde mostra que Mato Grosso do Sul recebeu R$ 23 milhões para habilitação de 157 leitos UTI (Unidade de Terapia Intensiva) para tratar exclusivamente pacientes graves ou gravíssimo com Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. O pedido de habilitação para o custeio dos leitos Covid-19 é feito […]

Gabriel Maymone Publicado em 18/07/2020, às 16h08 - Atualizado às 16h10

Foto: Hugo Barreto.
Foto: Hugo Barreto. - Foto: Hugo Barreto.

Relatório divulgado nesta sexta-feira (17) pelo Ministério da Saúde mostra que Mato Grosso do Sul recebeu R$ 23 milhões para habilitação de 157 leitos UTI (Unidade de Terapia Intensiva) para tratar exclusivamente pacientes graves ou gravíssimo com Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus.

O pedido de habilitação para o custeio dos leitos Covid-19 é feito pelas secretarias estaduais ou municipais de saúde, que garantem a estrutura necessária para o funcionamento dos leitos. O Ministério da Saúde, por sua vez, realiza o repasse de recursos destinados à manutenção dos serviços por 90 dias ou enquanto houver necessidade de apoio federal devido à pandemia.

No início de abril o Ministério da Saúde publicou a Portaria nº 568, que dobrou o valor do custeio diário dos leitos UTI Adulto e Pediátrico de R$ 800 para R$ 1,6 mil, em caráter excepcional, exclusivamente para o atendimento dos pacientes com coronavírus. Com isso, esses leitos habilitados temporariamente já começam a receber o valor diferenciado do incentivo.

Leitos em MS

O sistema de saúde de MS tem 253 vagas UTI para pacientes com Covid-19. Ainda estão em processo de habilitação outros 91 leitos, sendo 65 somente em Campo Grande. Já em relação a leitos clínicos adultos são 735 em todo o Estado.

Jornal Midiamax