Cotidiano

Mais de 60 mil douradenses ainda não realizaram cadastro biométrico

Um levantamento do Tribunal Superior Eleitoral mostra que algumas cidades ainda não conseguiram concluir o cadastro biométrico. Dourados,  com 159.777 eleitores inscritos é uma delas, uma vez que 60.851 (38,08%) não procuraram os cartórios eleitorais para cumprir a exigência. Quem ainda não possui a biometria cadastrada deverá, obrigatoriamente, sob pena de cancelamento do títul...

Marcos Morandi Publicado em 21/01/2020, às 10h30

Levantamento mostra que 38,08% dos inscritos ainda falta fazer o cadastro|(Foto:Midiamax)
Levantamento mostra que 38,08% dos inscritos ainda falta fazer o cadastro|(Foto:Midiamax) - Levantamento mostra que 38,08% dos inscritos ainda falta fazer o cadastro|(Foto:Midiamax)

Um levantamento do Tribunal Superior Eleitoral mostra que algumas cidades ainda não conseguiram concluir o cadastro biométrico. Dourados,  com 159.777 eleitores inscritos é uma delas, uma vez que 60.851 (38,08%) não procuraram os cartórios eleitorais para cumprir a exigência.

Quem ainda não possui a biometria cadastrada deverá, obrigatoriamente, sob pena de cancelamento do título, comparecer ao cartório eleitoral até o dia 27 de março de 2020. Segundo os dados atualizado da Justiça Eleitoral, em Dourados,  98.926 (61,92%) já fizeram a revisão.

Para receber atendimento, o eleitor deve levar um documento oficial de identificação com foto e comprovante de residência atualizado. Homens maiores de 18 anos que irão tirar o título pela primeira vez também devem levar o comprovante de quitação militar.

O horário de atendimento nos cartórios de Dourados durante o período do recadastramento é das 7h30 às 13h30, de segunda a sexta-feira, na Rua Montese, 435. A Justiça Eleitoral orienta que os eleitores procurem desde já os atendimentos, evitando filas e transtornos futuros.

Atualização

As cidades de MS que atingiram acima de 90% dos eleitores que realizaram a biometria, com dados atualizados até esta terça-feira, são: Alcinópolis (99,84%), Anaurilândia (99,87%), Antônio João (99,99%), Aparecida do Taboado (99,87%), Aral Moreira (99,88%), Bandeirantes (99,93%), Bataguassu (99,90%), Bonito (99,68%), Camapuã (99,86%), Campo Grande (99,80%), Coronel Sapucaia (99,94%), Fátima do Sul (99,89%), Jaraguari (99,92%), Jateí (99,92%), Ponta Porã (99,84%), Ribas do Rio Pardo (99,31%), Selvíria (99,84%), Sidrolândia (99,03%), Três Lagoas (99,94%) e Vicentina (97,25%).

Jornal Midiamax