Cotidiano

Hemosul cria canal para curados de coronavírus fazerem agendamento para doação de plasma

As pessoas que vencerem o novo coronavírus em Mato Grosso do Sul podem ajudar a contribuir para o salvamento de outros pacientes. Nesta quarta-feira (17), o Hemosul lançou um canal de atendimento exclusivo, por meio do aplicativo WhatsApp, para que curados possam agendar a doação de plasmas. De acordo com o Hemosul, pacientes que tiveram […]

Vinícius Costa Publicado em 17/06/2020, às 13h23

Cantor Mariano superou a doença e foi o primeiro a doador de plasma no Hemosul. (Foto: Saul Schramm, Governo de MS)
Cantor Mariano superou a doença e foi o primeiro a doador de plasma no Hemosul. (Foto: Saul Schramm, Governo de MS) - Cantor Mariano superou a doença e foi o primeiro a doador de plasma no Hemosul. (Foto: Saul Schramm, Governo de MS)

As pessoas que vencerem o novo coronavírus em Mato Grosso do Sul podem ajudar a contribuir para o salvamento de outros pacientes. Nesta quarta-feira (17), o Hemosul lançou um canal de atendimento exclusivo, por meio do aplicativo WhatsApp, para que curados possam agendar a doação de plasmas.

De acordo com o Hemosul, pacientes que tiveram o vírus e venceram a doença, possuem anticorpos que podem ajudar na recuperação de pacientes graves de Covid-19. O número (67) 9212-0447 está disponível no aplicativo e os sul-mato-grossenses podem fornecer sua disponibilidade para participarem de estudos voltados ao tratamento.

Seguindo recomendações e orientações, o Hemosul explica que a doação do plasma pode ser feita 30 dias após o primeiro diagnóstico que confirme o novo coronavírus. O tempo é necessário para o período de quarentena e recuperação completa do paciente.

Jornal Midiamax