Cotidiano

Helicóptero da Marinha resgata ribeirinho com perfuração no ombro em MS

Helicóptero da Marinha fez o resgate de um ribeirinho de 25 anos, que estava com uma perfuração o ombro, na tarde de segunda-feira (05). Ele mora na região da Nhecolândia, a cerca de 97 km do perímetro urbano de Corumbá, cidade distante a 444 quilômetros de Campo Grande. O ribeirinho foi transportado por aeronave do […]

Dayene Paz Publicado em 07/10/2020, às 08h15

Helicóptero da Marinha. Imagem ilustrativa
Helicóptero da Marinha. Imagem ilustrativa - Helicóptero da Marinha. Imagem ilustrativa

Helicóptero da Marinha fez o resgate de um ribeirinho de 25 anos, que estava com uma perfuração o ombro, na tarde de segunda-feira (05). Ele mora na região da Nhecolândia, a cerca de 97 km do perímetro urbano de Corumbá, cidade distante a 444 quilômetros de Campo Grande.

O ribeirinho foi transportado por aeronave do 1º Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral do Oeste (EsqdHU-61), organização militar subordinada à Marinha do Brasil, por meio do Comando do 6º Distrito Naval, que atendeu o pedido do Corpo de Bombeiros, acionado para realizar o resgate.

De acordo com o Diário Corumbaense, o deslocamento foi feito com acompanhamento de um médico do Hospital Naval de Ladário e na chegada ao heliponto do Esquadrão, uma ambulância do Corpo de Bombeiros seguiu com o paciente para a Santa Casa de Corumbá.

Evacuação Aero Médica

A Marinha do Brasil esclarece que o resgate de vítimas, feito por meio de Evam (Evacuação Aero Médica), empregando helicópteros, é uma ação de cooperação com o Corpo de Bombeiros e sua realização ocorre eventualmente em locais onde o acesso é difícil ou inviável via terrestre e em caso de comprovada emergência. O voo depende, ainda, de diversos fatores, como condições meteorológicas, período diurno, distância, entre outros.

Jornal Midiamax