Cotidiano

Energisa deixa cidade de MS há 50 horas sem energia e até prefeitura emite nota de repúdio

A prefeitura de Fatima do Sul, a 239 quilômetros de Campo Grande, emitiu, nesta quarta-feira (28), uma nota de repúdio pela falta de energia elétrica na cidade, que já dura 50 horas. A queda na rede foi causada pela tempestade que atingiu o município na segunda-feira (27). Segundo a prefeita Ilda Machada (PSD), a administração […]

Karina Campos Publicado em 28/10/2020, às 16h25 - Atualizado em 29/10/2020, às 08h17

(Foto: Ilustrativa)
(Foto: Ilustrativa) - (Foto: Ilustrativa)

A prefeitura de Fatima do Sul, a 239 quilômetros de Campo Grande, emitiu, nesta quarta-feira (28), uma nota de repúdio pela falta de energia elétrica na cidade, que já dura 50 horas. A queda na rede foi causada pela tempestade que atingiu o município na segunda-feira (27).

Segundo a prefeita Ilda Machada (PSD), a administração entrou em contato com a concessionária Energisa para buscar prazos no restabelecimento da rede. “Foi muito triste e desgastante para os moradores, mas já retornando em alguns bairros”, disse.

Em nota, a distribuidora informou que triplicou as equipes para trabalhar na manutenção das redes. A maior parte dos danos foram causados por queda de árvores, incidência de raios e rajadas de vento.

Os pontos mais críticos continuam sendo em Dourados, ainda pela manhã, três bairros estavam sem eletricidade, e 30 trechos enfrentavam a falta de luz. Ao todo, mais de 2,5 clientes ficam 48 horas sem o serviço.

“Dos 22 mil clientes, em Dourados de 65 bairros que ficaram sem energia na última segunda-feira, já foram restabelecidos mais de 19,3 clientes As equipem atuam, de forma ininterrupta, obedecendo protocolos rígidos de segurança para normalizar o fornecimento”, informou.

Jornal Midiamax