Cotidiano

GALERIA: Bombeiros registram luta diária em combates aos incêndios no Pantanal

Os incêndios que devastam o Pantanal de Mato Grosso do Sul têm exigido trabalho redobrado de brigadistas voluntários, Corpo de Bombeiros e Prevfogo/Ibama. Militares divulgaram, nesta sexta-feira (18), registros da luta diária em meio às chamas. Nas fotos divulgadas, as equipes combatem o fogo de madrugada a madrugada, desde o mês de fevereiro. Os homens […]

Karina Campos Publicado em 18/09/2020, às 16h11 - Atualizado às 16h16

None
(Foto: Divulgação/ Corpo de Bombeiros)

Os incêndios que devastam o Pantanal de Mato Grosso do Sul têm exigido trabalho redobrado de brigadistas voluntários, Corpo de Bombeiros e Prevfogo/Ibama. Militares divulgaram, nesta sexta-feira (18), registros da luta diária em meio às chamas.

Nas fotos divulgadas, as equipes combatem o fogo de madrugada a madrugada, desde o mês de fevereiro. Os homens se arriscam em meio aos incêndios, a fumaça atrapalha a visibilidade e para evitar inalação, eles usam equipamento pesados com máscaras especiais e uniformes.

Em outras imagens, as cinzas ainda deixam o cenário mais assustador, e os brigadistas atuam no resfriamento, para que os focos de calor não avancem e causem mais incidência.

Segundo o diretor do IHP (Instituto Homem Pantaneiro), tenente-coronel Ângelo Rabelo, cerca de 20 voluntários da entidade estão atuando na força-tarefa na Serrada do Amolar, em Corumbá. A expectativa é que mais 40 voluntários sejam enviados para atuar em Rio Negro.

Maior incêndio dos últimos 50 anos

O Pantanal registra uns dos maiores incêndios dos últimos 50 anos, segundo o Ibama. O monitoramento aponta a devastação de mais de 2,8 milhões de hectares queimados no bioma pantaneiro desde janeiro deste ano.

O Governo Federal liberou recurso de R$ 3,8 milhões para ações de combate, compra de ferramentas, aluguel de aeronaves, caminhões-pipas e contratação de brigadistas.

Cerca de 15 bombeiros do Paraná já estão somando a força-tarefa em regiões da Serra da Manga, Parque da Serra e ribeirinhas ao Rio Paraguai.

Jornal Midiamax

☰ Últimas Notícias