Cotidiano

Feridos em pouso forçado sofreram ferimentos leves e devem ser liberados

As duas vítimas do pouso forçado feito, na manhã desta quarta-feira (10), por um avião de pequeno porte, em Dourados, tiveram ferimentos leves e devem receber alta ainda hoje. Há informações de que a aeronave, que está registrada em nome de Miranda Gomes da Silva, teria tentado um pouso forçado em virtude uma pane seca. […]

Gabriel Maymone Publicado em 10/06/2020, às 18h30

None
Pouso forçado

As duas vítimas do pouso forçado feito, na manhã desta quarta-feira (10), por um avião de pequeno porte, em Dourados, tiveram ferimentos leves e devem receber alta ainda hoje.

Há informações de que a aeronave, que está registrada em nome de Miranda Gomes da Silva, teria tentado um pouso forçado em virtude uma pane seca.

O monomotor Cessna Aircraft teria tido uma pane seca, obrigando o piloto a realizar a manobra, que aconteceu em uma propriedade da cooperativa Coamo, na BR-163. O piloto e passageiro foram socorridos por funcionários da cooperativa até o Hospital da Vida.

São duas possibilidades para o ocorrido: pane elétrica ou falta de combustível.

Jornal Midiamax