Cotidiano

Fazendeiro usa máquina para desmatar floresta e recebe multa de R$ 7 mil

Um fazendeiro de 68 anos, morador de Campo Grande, foi multado em R$ 7 mil após ser flagrado desmatando floresta para ampliar uma represa na propriedade nesta quinta-feira (8). Ele usou maquinário para destruir área protegida de preservação permanente, APP. Conforme a PMA (Polícia Militar Ambiental), foi flagrado inicialmente a degradação com uso de uma […]

Mariane Chianezi Publicado em 09/10/2020, às 09h19

Foto: Divulgação/PMA
Foto: Divulgação/PMA - Foto: Divulgação/PMA

Um fazendeiro de 68 anos, morador de Campo Grande, foi multado em R$ 7 mil após ser flagrado desmatando floresta para ampliar uma represa na propriedade nesta quinta-feira (8). Ele usou maquinário para destruir área protegida de preservação permanente, APP.

Conforme a PMA (Polícia Militar Ambiental), foi flagrado inicialmente a degradação com uso de uma máquina das matas ciliares de um córrego chamado Cachoeira, devido ao aumento de um aterro para a ampliação de uma represa.

Seguindo a vistoria na fazenda, os militares encontraram mais duas áreas desmatadas separadamente. Com um GPS foi identificado que as áreas desmatadas eram de 0,50 hectare e a outra de 1,7 hectare, perfazendo 2,2 hectares. Tudo foi realizado sem autorização do órgão ambiental competente.

O fazendeiro foi autuado administrativamente e recebeu multa de R$ 7.190,00. Ele também responderá por crime ambiental. Se condenado, poderá pegar pena de um a três anos de detenção. O autuado foi notificado a apresentar junto ao órgão ambiental um Plano de Recuperação da Área Degradada e Alterada.

Jornal Midiamax