Cotidiano

Educadores vão ao MPE denunciar falta de auxiliares nos CEIMS

O Simted (Sindicato Municipal dos Trabalhadores em Educação de Dourados) procurou o MPE-MS (Ministério Público Estadual) para denunciar falta de auxiliares de apoio educacional nos Ceim’s (Centros de Educação Infantil) do município. Esse déficit, segundo a entidade, coloca em risco as crianças. Segundo o Simted o documento foi encaminhado para a 9ª Promotoria de Justiça […]

Marcos Morandi Publicado em 06/02/2020, às 13h12

Caso a situação não seja resolvida, as atividades serão paralisadas. (Foto: Divulgação)
Caso a situação não seja resolvida, as atividades serão paralisadas. (Foto: Divulgação) - Caso a situação não seja resolvida, as atividades serão paralisadas. (Foto: Divulgação)

O Simted (Sindicato Municipal dos Trabalhadores em Educação de Dourados) procurou o MPE-MS (Ministério Público Estadual) para denunciar falta de auxiliares de apoio educacional nos Ceim’s (Centros de Educação Infantil) do município. Esse déficit, segundo a entidade, coloca em risco as crianças.

Segundo o Simted o documento foi encaminhado para a 9ª Promotoria de Justiça da Infância e da Juventude e para a 17ª Promotoria de Justiça dos Direitos Humanos, Idoso, Pessoas com Deficiência da Infância e da Juventude.

Caso a situação não seja resolvida, os trabalhadores em educação podem paralisar as atividades e comprometer o início do ano letivo. “O sindicato tem recebido informações sobre ausência de contratações de estagiárias por parte da Prefeitura de Dourados para atuarem como grupo de apoio nos Ceim`s”, disse em nota divulgada nesta quinta-feira (6).

O Simted lembra que a Deliberação n. 080/2014 do COMED, recomenda sobre educação infantil que “em qualquer faixa etária,  as funções de educar e cuidar deverão ser exercidas pelo professor, acompanhado por um auxiliar em período integral”.

Jornal Midiamax