Cotidiano

Diferença de mensalidade nas escolas chega a 467%, aponta Procon-MS

Uma pesquisa realizada pelo Procon/MS (Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor) revelou uma diferença de até 467,61% no valor cobrado nas mensalidades para 2021 de escolas particulares de Campo Grande. Ao todo, foram pesquisados 57 estabelecimentos entre os dias 10 de novembro e 3 de dezembro, dos quais são divulgados 45 períodos. A mensalidade […]

Gabriel Neves Publicado em 07/12/2020, às 08h53 - Atualizado às 13h27

Imagem ilustrativa. (Foto: Henrique Arakaki, Midiamax)
Imagem ilustrativa. (Foto: Henrique Arakaki, Midiamax) - Imagem ilustrativa. (Foto: Henrique Arakaki, Midiamax)

Uma pesquisa realizada pelo Procon/MS (Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor) revelou uma diferença de até 467,61% no valor cobrado nas mensalidades para 2021 de escolas particulares de Campo Grande.

Ao todo, foram pesquisados 57 estabelecimentos entre os dias 10 de novembro e 3 de dezembro, dos quais são divulgados 45 períodos.

A mensalidade com maior valor encontrado é para alunos do ensino médio e período integral do Colégio Bionatus, onde a mensalidade é de R$ 2.800,00.

As maiores variações ocorrem nas mensalidades do ensino fundamental 1 (1° ao 5° ano), com diferença de até 467,61%, no ensino não integral, onde o aluno estudo no turno matutino ou vespertino.

A maior mensalidade cobrada para o ensino fundamental 1, entre as escolas pesquisadas, é de R$ 1.700,00 e a menor valor cobrado é de R$ 300,00.

Já a menor variação de preços ocorre no 9° ano do ensino fundamental 2 (6° ao 9° ano), no período vespertino, com diferença de 111,74%. Neste caso a maior mensalidade é de R$ 1.311,72 e a menor é de R$ 619,50.

Para conferir a lista completa das escolas e mensalidades clique aqui.

Jornal Midiamax