Cotidiano

Dicas para escolher um celular para trabalhar

O celular deixou de ser um aparelho que faz apenas ligações para se tornar um aliado das atividades do dia a dia, inclusive no trabalho

Produção Publicado em 13/05/2020, às 14h27

Trabalho acessível em qualquer ambiente | Foto pixabay
Trabalho acessível em qualquer ambiente | Foto pixabay - Trabalho acessível em qualquer ambiente | Foto pixabay

Já faz algum tempo que o celular deixou de ser um aparelho que faz apenas ligações para se tornar um aliado das atividades do dia a dia, inclusive no trabalho. Os smartphones enviam e-mails, acessam calendários, permitem reuniões com várias pessoas e muito mais.

Diante de tantas funcionalidades, é normal se sentir confuso na hora de trocar de dispositivo. Para quem utiliza o aparelho para trabalhar — seja no escritório ou no home office — é importante prestar bastante atenção no momento da compra. Confira algumas questões que merecem ser levantadas!

Opte pelos novos celulares

Apesar de os celulares usados serem mais baratos que os novos, nem sempre eles compensam. Afinal, a durabilidade deles é menor, e eles também podem vir com algum defeito que não será coberto pela garantia.

Para fazer uma compra mais segura, vale a pena buscar as lojas especializadas. Nas Lojas Cem você encontra celulares e ofertas, assim como no Ponto Frio e em outras. Por isso, dedique um tempo para analisar essas opções antes de gastar dinheiro.

Avalie tudo o que precisa

A fim de agradar os consumidores, as marcas de celulares estão investindo cada vez mais em tecnologia, o que significa um aumento significativo em funcionalidades e aplicativos. Porém, de nada adianta optar pelo aparelho mais completo, caso a maior parte dos recursos não sejam usados.

Avalie tudo o que busca em um aparelho antes de procurar por um. Caso precise realizar videochamadas, por exemplo, é interessante optar por um que tenha uma boa câmera.

Tela de celular, mostrando aplicativos.
É muito importante verificar se o smart, comporta os aplicativos para o seu trabalho.

Observe as categorias

Os smartphones ou celulares podem ser divididos em três categorias: budget (econômicos), meio-termo e top de linha. Basicamente, essa categorização é feita pelo critério preço.

Mesmo na categoria econômica, é possível encontrar vários modelos com câmera de qualidade e configurações avançadas. Portanto, depois de determinar o quanto pode gastar, observe o que cada marca oferece nesta faixa de preço.

Em geral, os aparelhos budget são aqueles que já estão no mercado há mais tempo. Embora não sejam os mais modernos, eles podem ser muito bons. Um exemplo é a linha Moto G da Motorola — que está na oitava geração.

Verifique a bateria

Sobretudo se você sai bastante para eventos e eventos, é fundamental dispor de um aparelho que tenha uma bateria eficiente. Caso contrário, será necessário estar sempre com um carregador a mão.

Por conta dos diversos recursos que possui, a maior parte dos aparelhos não resiste muito tempo ligado. Então, vale a pena consultar a opinião de outros usuários para saber como o smartphone que deseja se comporta. Além disso, também é importante verificar se o carregamento é rápido.

Considere o armazenamento

Como se trata de uma ferramenta de trabalho, é essencial que o celular tenha uma boa capacidade de armazenamento. Assim, será possível instalar vários aplicativos, como Skype, Zoom e Meets, além de deixar documentos, fotos e áudios guardados.

Observe que alguns modelos, apesar de não ter muito armazenamento, aceitam cartão de memória. Em muitos casos, isso pode até duplicar a capacidade.

Busque opiniões

É difícil saber como um celular se comporta sem nunca antes ter usado. Mesmo com os comentários do vendedor — que sempre são positivos — não é simples fazer uma análise e identificar a diferença entre os modelos.

Para facilitar, faça uma avaliação prévia e liste alguns aparelhos que têm interesse. Depois busque a opinião de outros usuários na internet. Ao reunir o máximo de informações possíveis, você terá mais segurança para decidir qual é a melhor opção para comprar.

Dedicar um tempo para escolher um celular para trabalhar pode não ser fácil, mas, certamente, ajuda no futuro. Por isso, não deixe de fazer essa análise antes de finalizar a compra.

Jornal Midiamax