Cotidiano

Com mais de 10 mil casos de dengue, fumacê passa por 6 bairros nesta quinta

Campo Grande registra até o momento 10.884 casos de dengue, sendo 138 confirmados só na última semana, conforme aponta o último boletim epidemiológico divulgado pela SES (Secretaria de Estado de Saúde de MS). E para reforçar o combate ao Aedes aegypti, mosquito transmissor da doença, seis bairros devem receber o fumacê nesta quinta-feira (16). O […]

Ana Paula Chuva Publicado em 16/07/2020, às 11h43 - Atualizado às 12h17

(Foto: Divulgação PMCG)
(Foto: Divulgação PMCG) - (Foto: Divulgação PMCG)

Campo Grande registra até o momento 10.884 casos de dengue, sendo 138 confirmados só na última semana, conforme aponta o último boletim epidemiológico divulgado pela SES (Secretaria de Estado de Saúde de MS). E para reforçar o combate ao Aedes aegypti, mosquito transmissor da doença, seis bairros devem receber o fumacê nesta quinta-feira (16).

O serviço de borrifação UBV (Ultra Baixo Volume) passará pelos bairros Alves Pereira, Caiçara, São Conrado, Taveirópolis, União e Universitário, seguindo itinerário da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde).

Os seis carros da CCEV (Coordenadoria de Controle e de Endemias Vetoriais) circulando nas ruas do bairro entre às 16h e 22h30, podendo ter o horário do serviço alterado ou até mesmo ser adiado em caso de chuva ou ventos fortes.

A recomendação da secretaria é para que a população deixe portas e janelas abertas durante a aplicação do inseticida, permitindo que as gotículas do inseticida no interior da residência.

Vale lembrar que o Aedes também é transmissor da zika e chikungunya e o fumacê atinge os mosquitos adultos, preferencialmente as fêmeas, que são as transmissoras das doenças.

Mas também é possível que outras espécies sejam atingidas e, por isso, é necessária uma aplicação criteriosa do veneno.

Jornal Midiamax