Cotidiano

Com adiamento do Enem, vagas de Sisu em universidades públicas de MS estão indefinidas

As universidades públicas de Mato Grosso do Sul ainda não tiveram definição do número de vagas disponibilizadas pelo Sisu (Sistema de Seleção Unificado), por conta do adiamento da data de provas do Enem Exame Nacional do Ensino Médio), consequência da pandemia do novo coronavírus. A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), informou que […]

Karina Campos Publicado em 17/06/2020, às 16h16

(Foto. Arquivo/Midiamax)
(Foto. Arquivo/Midiamax) - (Foto. Arquivo/Midiamax)

As universidades públicas de Mato Grosso do Sul ainda não tiveram definição do número de vagas disponibilizadas pelo Sisu (Sistema de Seleção Unificado), por conta do adiamento da data de provas do Enem Exame Nacional do Ensino Médio), consequência da pandemia do novo coronavírus.

A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), informou que aguarda um posicionamento do MEC (Ministério da Educação), na votação da melhor data para o exame. Após o resultado, a unidade terá mais detalhes da distribuição de vagas para o ano que vem. “A princípio, para a UFMS, o Sisu 2021 continuará com as mesmas vagas e cursos que tivemos para 2020″, explicou em nota.

A UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul), que também utiliza o Sisu como principal forma de entrada na universidade, informou que no ano passado o total em vagas ofertadas foram de 2.163, sendo distribuídas em 54 cursos, sendo 26 bacharelados, 26 licenciaturas e dois tecnológicos.”Neste ano, a última Chamada com vagas remanescentes, 6ª Chamada, ocorreu no mês de março”, disse.

A reportagem do Jornal Midiamax entrou em contato com as unidades particulares de Campo Grande, para averiguar sobre vagas ofertadas pelo Prouni (Programa Universidade para Todos) e Fies (Fianciamento Estudantil), mas não obteve retorno até a públicação deste material.

Jornal Midiamax