Cotidiano

Com 505 vítimas, dezembro já é o mês com recorde de mortes por coronavírus em MS

Mais 30 mortes foram registradas nas últimas 24 horas e com isso Mato Grosso do Sul bate um triste recorde na pandemia de coronavírus. Antes mesmo do fim do mês, dezembro já é o mês com maior número de vítimas da Covid-19. Ao todo, foram 505 pacientes mortos pela doença ao longo do mês. A […]

Mylena Rocha Publicado em 30/12/2020, às 12h00 - Atualizado em 31/12/2020, às 10h33

(Foto: Divulgação/Gov MS)
(Foto: Divulgação/Gov MS) - (Foto: Divulgação/Gov MS)

Mais 30 mortes foram registradas nas últimas 24 horas e com isso Mato Grosso do Sul bate um triste recorde na pandemia de coronavírus. Antes mesmo do fim do mês, dezembro já é o mês com maior número de vítimas da Covid-19. Ao todo, foram 505 pacientes mortos pela doença ao longo do mês.

A informação foi divulgada pela SES (Secretaria de Estado de Saúde) na manhã desta quarta-feira (30). Até então, o mês com recorde de mortes havia sido agosto, quando Mato Grosso do Sul vivia o pico da primeira onda do coronavírus e foram registrados 488 óbitos.

“Hoje superamos em 17 mortes o número de óbitos do mês de agosto. Ainda falta computar os óbitos de amanhã”, comentou o secretário Geraldo Resende.

MS chegou ao momento mais crítico desde o início da pandemia e a situação gera preocupação por parte das autoridades. O secretário estadual de Saúde frisou que o Estado  está próximo do limite de sua capacidade.

“Chegamos a uma barreira intransponível: falta espaço nos hospitais e os elementos importantes para manuseio dos pacientes: os profissionais. Faltam médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, técnicos de enfermagem e todos profissionais da área de apoio a pacientes críticos que estão nesses leitos. Não temos mais como avançar na construção de novos leitos”, ressaltou Resende.

O secretário da SES comentou que o HU (Hospital Universitário) da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) deve abrir 10 novos leitos a partir do dia 4 de janeiro. Além disso, mais 10 leitos serão abertos no Hospital Nossa Senhora Auxiliadora, em Três Lagoas.

Jornal Midiamax