Cotidiano

Chuva ajuda e coloca MS na 12ª posição do país em isolamento social

A chuva e as baixas temperaturas registradas na última terça-feira (2) contribuíram para que MS alcançasse a 12° posição no ranking da taxa de isolamento social no País. É a primeira vez que o Estado alcança o índice. No entanto, a taxa foi de 40,9%, muito abaixo dos 70% recomendados pela OMS (Organização Mundial da […]

Guilherme Cavalcante Publicado em 03/06/2020, às 12h39 - Atualizado às 18h52

Arquivo, Midiamax
Arquivo, Midiamax - Arquivo, Midiamax

A chuva e as baixas temperaturas registradas na última terça-feira (2) contribuíram para que MS alcançasse a 12° posição no ranking da taxa de isolamento social no País. É a primeira vez que o Estado alcança o índice. No entanto, a taxa foi de 40,9%, muito abaixo dos 70% recomendados pela OMS (Organização Mundial da Saúde).

A melhoria no ranking também foi percebida em Campo Grande, que subiu para o 19º lugar entre as capitais, mas também com baixo índice – 40,4%. As regiões da cidade com menor adesão ao distanciamento e maior movimentação foram: Vila Nasser (28,1%), Moreninha (28,2%), Jardim do Córrego (28,6%), Universitário (29%) e Portal Caiobá (29,2%).

Além da Capital, a taxa de adesão ao isolamento social nas cidades com maior número de casos confirmados de Covid-19 foi de 44,5% em Dourados, 32,5% em Guia Lopes da Laguna, 42,6 em Três Lagoas, 48,2% em Fátima do Sul e 57,1% em Douradina.

Entre todos municípios sul-mato-grossenses, as taxas de recolhimento variam de 24% a 57,1%. A relação completa pode ser conferida clicando AQUI.

Jornal Midiamax