Cotidiano

Auxílio emergencial: novos aprovados podem receber cinco parcelas de R$ 600

Os novos beneficiários que conseguiram finalizar o cadastro podem receber as cinco parcelas existentes do programa

Vinícius Costa Publicado em 06/07/2020, às 17h02 - Atualizado em 14/07/2020, às 16h22

(Imagem: Ilustrativa)
(Imagem: Ilustrativa) - (Imagem: Ilustrativa)

Os novos beneficiários que conseguiram finalizar o cadastro para receber o auxílio emergencial e estão recebendo o pagamento da primeira nesta semana, podem receber as cinco parcelas existentes do programa, que foi criado pelo Governo Federal para ajudar famílias de baixa renda no momento de pandemia do novo coronavírus.

Na última semana, o governo de Jair Bolsonaro anunciou a extensão do benefício pelos próximos dois meses. Desta forma, os recém-aprovados estarão recebendo as três parcelas como aconteceu com os antigos beneficiários e também, estarão recebendo as duas novas parcelas, que juntas podem somar R$ 3 mil.

O mesmo vale para pessoas que tem direito a receber os R$ 1,2 mil e neste caso, a aprovação permitirá que o beneficiário receba um valor de R$ 6 mil.

O Ministério da Cidadania vinha afirmando que os requerentes que conseguissem ser aprovados a tempo – o prazo final para o cadastro se encerrou na última quinta-feira (2), receberiam todas as parcelas do auxílio, incluindo a extensão do benefício.

Porque meu cadastro não foi validado?

Os trabalhadores que tiveram o auxílio invalidado pode ter sido por alguns fatores. Exemplos:

  • O trabalhador marcou que é chefe de família, mas não informou nenhum familiar ou CPF de dependente;
  • Informou um membro da família, mas com erros no número do CPF e na data de nascimento;
  • Não foi informado no cadastro se quem se candidata é do sexo masculino ou feminino;
  • Houve divergência entre os membros da família do candidato;
  • Foi incluída no cadastro alguma pessoa da família com indicativo de óbito;

Cadastro Único

Quem está no CadÚnico e foi reprovado para receber o auxílio emergencial, mas acredita ter direito ao benefício, pode fazer o pedido pelo site ou aplicativo da Caixa, ou pelo novo site do Dataprev;

Os dados serão analisados como se fosse a primeira solicitação.

Como recadastrar o pedido

  • O recadastramento é feito como um novo pedido
  • É possível se cadastrar pelo site ou aplicativo da Caixa, ou pelos novos sites lançados pelo governo federal
Jornal Midiamax