Cotidiano

Além de shoppings, academias também podem ter abertura adiada por mudanças

A reabertura de academias em Campo Grande, prevista para esta sexta-feira (17), também pode ser adiada após pedido do Conselho de Educação Física solicitar alterações no decreto para reabertura com cumprimento de normas de biossegurança contra o novo coronavírus. A informação é da Prefeitura e foi repassada na transmissão ao vivo realizada pelas redes sociais […]

Evelin Cáceres Publicado em 17/04/2020, às 12h44 - Atualizado às 15h56

(Foto: Arquivo)
(Foto: Arquivo) - (Foto: Arquivo)

A reabertura de academias em Campo Grande, prevista para esta sexta-feira (17), também pode ser adiada após pedido do Conselho de Educação Física solicitar alterações no decreto para reabertura com cumprimento de normas de biossegurança contra o novo coronavírus. A informação é da Prefeitura e foi repassada na transmissão ao vivo realizada pelas redes sociais atualizando os dados do coronavírus na Capital.

“O corpo técnico não conseguiu fechar o texto porque entraram pedidos do seguimento e estamos terminando. É provável que no início da tarde saia o decreto, que vai ser diferente dos shoppings, considerados de alta complexidade”, explicou o prefeito Marquinhos Trad (PSD).

Dentre as recomendações, as unidades devem ter 1 aluno para cada 15 m², e respeitar a distância mínima de 1,5 entre os aluno; ambiente aberto e ventilado; bebedouros devem ser lacrados, os alunos devem levar sua garrafa com água e não compartilhar com demais; cartazes de alerta sobre a pandemia; proibição de uso de chuveiros; desativação de catracas; e horário de funcionamento reduzido.

Jornal Midiamax