Cotidiano

Transferidos de unidade de saúde, moradores do Celina Jalad reclamam de falta de médico

Os moradores do bairro Celina Jalad estão passando por um transtorno após serem transferidos para atendimento na UBSF (Unidade Básica de Saúde da Família) Vila Fernanda. De acordo os relatos, no local não há médico para atender quem procura a unidade. “O secretário da saúde está mandando o povo procurar as unidades de atendimento a […]

Ana Paula Chuva Publicado em 20/03/2019, às 14h53 - Atualizado às 15h00

(Foto: Diário do Caiobá)
(Foto: Diário do Caiobá) - (Foto: Diário do Caiobá)

Os moradores do bairro Celina Jalad estão passando por um transtorno após serem transferidos para atendimento na UBSF (Unidade Básica de Saúde da Família) Vila Fernanda. De acordo os relatos, no local não há médico para atender quem procura a unidade.

“O secretário da saúde está mandando o povo procurar as unidades de atendimento a família ao invés de os upas 24h. Mas a unidade do Vila Fernanda que passou a atender o Celina Jalad não tem médicos e o atendimento é péssimo” disse um morador.

“Nós éramos atendidos ali no Caiobá, aí transferiram a gente pra cá, mas nunca tem médico, como a gente faz? ”, questionou o rapaz.

De acordo com a prefeitura, a UBSF Vila Fernanda conta com dois médicos para fazer o atendimento da população. Mas existe a necessidade do reforço de mais um profissional, que ficará justamente responsável por atender a área do residencial Cellina Jalad.

Nesta quarta-feira (20), a prefeitura ainda afirmou que fez a convocação de novos profissionais e à medida que forem se apresentando serão designados para suprir as vagas das unidades prioritárias, ou seja, onde há falta de profissional.

WhatsApp: fale com os jornalistas do Midiamax

O leitor enviou as imagens ao WhatsApp do Jornal Midiamax no número (67) 99207-4330. O canal de comunicação serve para os leitores falarem com os jornalistas. Flagrantes inusitados, denúncias, reclamações e sugestões podem ser enviados com total sigilo garantido pela lei.

Jornal Midiamax