Cotidiano

Terrenos abandonados aumentam foco de insetos e incomodam população

Os terrenos abandonados têm incomodado a população, com essa época de chuva e calor, o número de insetos aumenta e influencia na ocorrência de doenças para que mora nas regiões. Na rua Cabrália Paulista, próximo ao número 264, no Jardim Centenário, uma casa teria sido abandonada após pegar fogo, segundo uma vizinha. O local virou […]

Ana Paula Chuva Publicado em 06/02/2019, às 17h14

Terreno abandonado no Jardim Centenário. (Foto: WhatsApp)
Terreno abandonado no Jardim Centenário. (Foto: WhatsApp) - Terreno abandonado no Jardim Centenário. (Foto: WhatsApp)

Os terrenos abandonados têm incomodado a população, com essa época de chuva e calor, o número de insetos aumenta e influencia na ocorrência de doenças para que mora nas regiões.

Na rua Cabrália Paulista, próximo ao número 264, no Jardim Centenário, uma casa teria sido abandonada após pegar fogo, segundo uma vizinha. O local virou um lixão a céu aberto, aumento ainda mais a proliferação de insetos.

Terrenos abandonados aumentam foco de insetos e incomodam população
Terreno no bairro Santa Fé. (Foto: WhatsApp)

Já na região do bairro Santa Fé, na rua Nortelândia, próximo ao número 524, o terreno não só se transformou em lixão, mas de acordo com a vizinhança, as árvores estão correndo o risco de cair em cima das casas.

O Jornal Midiamax, entrou em contato com a Prefeitura de Campo Grande, que afirmou que irá encaminhar fiscalização nos locais citados.

Eles informaram que são feitas vistorias de rotina nos bairros da Capital e quando são identificados locais urbanos abandonados, com sujeira ou sem cuidado, o proprietário é notificado a realizar a limpeza.

A notificação é enviada via Correios por A.R (Aviso de Recebimento), após o recebimento o proprietário tem o prazo de 15 dias úteis para o cumprimento da mesma. Vale ressaltar que a Prefeitura não realiza a limpeza em imóvel particular.

Após o  prazo, o agente fiscal da Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Gestão Urbana) retorna ao local para vistoria e caso não tenha sido feita a limpeza, o proprietário então é Autuado (multado), de acordo com o Código de Polícia Administrativa do Município Lei n. 2909, Artigo 18-A. A multa neste caso varia entre dois e nove mil reais.

Para denunciar, a população pode entrar em contato via telefone 156.

É preciso lembrar, que a população tem um papel importante na conservação dos espaços, principalmente não jogando lixo em terrenos vazios.  De acordo com o artigo 54 da lei 9.605/98, causar poluição de qualquer natureza em níveis que possam resultar em danos à saúde humana, morte de animais ou destruição da flora, é crime e pode resultar em prisão de um a quatros mais multa.

WhatsApp: fale com os jornalistas do Midiamax

O leitor enviou as imagens ao WhatsApp do Jornal Midiamax no número (67) 99207-4330. O canal de comunicação serve para os leitores falarem com os jornalistas. Flagrantes inusitados, denúncias, reclamações e sugestões podem ser enviados com total sigilo garantido pela lei.

Jornal Midiamax