Cotidiano

SED apura conduta de professor suspeito de abuso em escola

A SED (Secretaria de Estado de Educação) apura a conduta do professor de um Colégio Estadual, suspeito de abusar sexualmente alunas de 16 anos. Por nota, a secretaria de educação confirmou que o professor faz parte do quadro de funcionários da REE (Rede Estadual de Ensino). “A pasta se coloca, ainda, à disposição das autoridades […]

Cleber Rabelo Publicado em 03/07/2019, às 14h59 - Atualizado às 15h15

Foto: Minamar Júnior
Foto: Minamar Júnior - Foto: Minamar Júnior

A SED (Secretaria de Estado de Educação) apura a conduta do professor de um Colégio Estadual, suspeito de abusar sexualmente alunas de 16 anos.

Por nota, a secretaria de educação confirmou que o professor faz parte do quadro de funcionários da REE (Rede Estadual de Ensino). “A pasta se coloca, ainda, à disposição das autoridades de Justiça e Segurança Pública para o fornecimento de todas as informações necessárias”, informou a SED.

As escolas da REE estão em recesso devido ao período de férias, e retornam no dia 15 de julho.

Investigação

Dois professores de Campo Grande são investigados por assediarem sexualmente alunas de aproximadamente 16 anos. Um professor é contratado de uma escola particular, enquanto outro é servidor de um Colégio Estadual. As duas instituições ficam na região central da cidade.

Aproximadamente quatro alunas de colégio particular, com uma das mensalidades mais caras de Campo Grande, já prestaram depoimento sobre assédio que sofreram por parte do professor. Segundo elas, o educador as aborda de maneira indevida e em alguns casos chegou a usar palavras depreciativas com as alunas, as chamando de ‘delicinha’ ou ‘gostosinha’, fato documentado pela polícia.

Jornal Midiamax