Cotidiano

Procon apreende 53 kg de pescado armazenados de maneira irregular

O Procon da Capital apreendeu nesta quarta-feira (17), 53 quilos de pescado impróprios para o consumo. A fiscalização faz parte da operação “Páscoa 2019”, que é realizada em parceria com a vigilância sanitária da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde). De acordo com o órgão, os peixes apreendidos no supermercado Extra, na Rua Joaquim Murtinho, não […]

Cleber Rabelo Publicado em 17/04/2019, às 18h36 - Atualizado em 18/04/2019, às 09h22

Foto: Procon/Campo Grande
Foto: Procon/Campo Grande - Foto: Procon/Campo Grande

O Procon da Capital apreendeu nesta quarta-feira (17), 53 quilos de pescado impróprios para o consumo. A fiscalização faz parte da operação “Páscoa 2019”, que é realizada em parceria com a vigilância sanitária da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde).

De acordo com o órgão, os peixes apreendidos no supermercado Extra, na Rua Joaquim Murtinho, não atendiam aos pré-requisitos para a comercialização. O Procon informou que a mercadoria estava exposta e armazenada de maneira irregular. O órgão orienta a população para evitar a compra de pescado que apresente cheiro forte, abdômen flácido, olhos murchos e sem brilho e guelras pálidas.

O subsecretário do Procon Campo Grande, Valdir Custódio, informou que a equipe de fiscalização continuará percorrendo os supermercados. Denúncias podem ser feitas através do Whatsapp 98469-1001.

Jornal Midiamax