Cotidiano

Para conscientização da Endometriose, marcha é realizada neste sábado na Capital

Realizada em 70 países simultaneamente, a EndoMarcha – Marcha Mundial pela Conscientização da Endometriose – será realizada neste sábado (30). A concentração está marcada para às 8h em Campo Grande, na Praça Ary Coelho e a saída para a caminhada será às 9h. De acordo com as informações, estima-se que 200 milhões de meninas e […]

Ana Paula Chuva Publicado em 26/03/2019, às 17h54

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação) - (Foto: Divulgação)

Realizada em 70 países simultaneamente, a EndoMarcha – Marcha Mundial pela Conscientização da Endometriose – será realizada neste sábado (30). A concentração está marcada para às 8h em Campo Grande, na Praça Ary Coelho e a saída para a caminhada será às 9h.

De acordo com as informações, estima-se que 200 milhões de meninas e mulheres sofrem de endometriose em todo o mundo, dessas mais de 600 milhões são no Brasil. Os sintomas a doença vão de cólica menstrual progressiva, dor durante a relação sexual, dor e sangramento ao urinar ou evacuar, inchaço, náuseas e vômitos, além de constipação e diarreia. Do total de mulheres afetadas pela doença, 40% apresentam problemas de infertilidade.

No Brasil esta é a  6ª edição da Macha  e além de Campo Grande ela será realizada em outras 19 cidades: Belém, Belo Horizonte, Boa Vista, Brasília, Baixada Santista,  Curitiba, Goiânia, Feira de Santana, Florianópolis, Fortaleza, Leme, Londrina, Maringá, Salvador, São Luís, São Paulo, Sorocaba, Rio de Janeiro e Uberlândia. Para participar, os interessados devem realizar seu cadastro gratuitamente no site.

A doença pode apresentar, entre outros sintomas, cólica menstrual progressiva, dor durante a relação sexual, dor e sangramento ao urinar, ao evacuar, inchaço, náuseas e vômitos, constipação e diarreia. Além disso, estima-se que 40% das mulheres com endometriose apresentem problemas de infertilidade.

Para maiores informações os interessados podem acessar o site da EndoMarcha ou através do e-mail: [email protected]  e pelo telefone  (67) 9 9179-0553.

Jornal Midiamax