Cotidiano

Grávida de 36 anos morre vítima de H1N1 logo o parto em MS

Uma mulher de 36 anos morreu por H1N1 no último sábado (1), em Corumbá, a 444 km de Campo Grande. Ela estava internada e havia dado à luz recentemente e após o parto, saúde se agravou. Conforme a SES (Secretaria Estadual de Saúde) disse ao Jornal Midiamax que a mulher é a 13ª vítimas da […]

Mariane Chianezi Publicado em 03/06/2019, às 14h44 - Atualizado em 04/06/2019, às 08h54

Foto: Ilustração
Foto: Ilustração - Foto: Ilustração

Uma mulher de 36 anos morreu por H1N1 no último sábado (1), em Corumbá, a 444 km de Campo Grande. Ela estava internada e havia dado à luz recentemente e após o parto, saúde se agravou.

Conforme a SES (Secretaria Estadual de Saúde) disse ao Jornal Midiamax que a mulher é a 13ª vítimas da doença em Mato Grosso do Sul em 2019. A paciente estava internada desde o dia 25 de maio e faleceu na UTI da Santa Casa de Corumbá.

Ainda conforme o boletim epidemiológico da SES, a morte da paciente é a segunda por H1N1 em Corumbá. O primeiro morador a morrer pela doença foi um homem de 43 anos, no dia 26 de janeiro.

Jornal Midiamax