Cotidiano

Judiciário disponibiliza hotsite TJMS Sustentável

TJMS Está disponibilizado, a partir de hoje (16), o hotsite TJMS Sustentável  (https://www.tjms.jus.br/tjmssustentavel/), com o objetivo de comunicar ao público interno e sociedade em geral o Plano de Logística Sustentável (PLS) do Poder Judiciário de Mato Grosso do Sul, bem como os relatórios de desempenho, projetos, indicadores ambientais, notícias, dentre outros assuntos rela...

Diego Alves Publicado em 16/10/2019, às 18h26 - Atualizado às 18h29

Assessoria
Assessoria - Assessoria

TJMS

Está disponibilizado, a partir de hoje (16), o hotsite TJMS Sustentável  (https://www.tjms.jus.br/tjmssustentavel/), com o objetivo de comunicar ao público interno e sociedade em geral o Plano de Logística Sustentável (PLS) do Poder Judiciário de Mato Grosso do Sul, bem como os relatórios de desempenho, projetos, indicadores ambientais, notícias, dentre outros assuntos relacionados à Política Socioambiental Institucional.

De acordo com a gestora do Núcleo Socioambiental do Tribunal de Justiça de MS, Tatiana Barbosa Rodrigues, “ao prezarmos pelos direcionadores institucionais (missão, visão e valores) ofertamos para a coletividade a entrega sistematizada daquilo que efetivamente o PJMS tem proposto e executado no que tange aos valores de transparência e responsabilidade social e ambiental”.

Atualmente, temas como meio ambiente e sustentabilidade constam definitivamente como preocupação – e ocupação – de toda a sociedade, no Brasil e no mundo. Em todos os lugares (nas casas, nas escolas, nas ruas, nos locais de trabalho), um número crescente de pessoas procura conhecer mais sobre isso e se esforça por implementar novos comportamentos que respeitem e contribuam para a preservação da natureza e a melhoria da qualidade de vida, própria e de outrem. É nesse sentido que o Núcleo Socioambiental trabalha e no hotsite TJMS Sustentável será possível acompanhar as ações.

PLS – Recentemente foi iniciada a elaboração de um novo Plano de Logística Sustentável (PLS). O presidente do TJ, Des. Paschoal Carmello Leandro, em agosto de 2019, autorizou o Núcleo Socioambiental a dar início a elaboração do plano. A atualização se dará por meio de uma Comissão Gestora do PLS em parceria com todas as unidades do Poder Judiciário de MS.

O plano visa promover a responsabilidade socioambiental e inserir critérios de sustentabilidade nas atividades da administração pública. A inserção desses critérios envolve mudanças nos investimentos, compras e contratação de serviços pelo Judiciário, até uma gestão adequada dos resíduos gerados e dos recursos naturais utilizados, além da promoção da melhoria na qualidade de vida do ambiente de trabalho.

Comissão Gestora do PLS – A Portaria nº 1429, de 18 de fevereiro de 2019, designou o juiz auxiliar da Presidência, Alexandre Branco Pucci; o diretor-geral da Secretaria do Tribunal de Justiça, Marcelo Vendas Righetti; a diretora executiva da Presidência Erika Arevalo da Rosa; a gestora do Núcleo Socioambiental, Tatiana Barbosa Rodrigues; o diretor da Secretaria de Obras, Daniel Felipe Hendges; a diretora da Secretaria de Bens e Serviços, Larissa de Almeida Fagundes; o diretor da Assessoria de Planejamento, Newton Cesco Junior; o diretor da Secretaria de Tecnologia da Informação, Altair Junior Ancelmo Soares; e o diretor da Secretaria de Gestão de Pessoal, Raphael Vicente Bilinski, como membros da Comissão Gestora do novo PLS.

Histórico – A primeira versão do hotsite era o Portal da Ecogestão, que foi lançado em junho de 2010, em atendimento a Portaria nº 192/09. Para a época, fazia parte de um projeto ousado a ser colocado em prática pelo Poder Judiciário de MS, mas desde então, com pequenas ações, o Poder Judiciário de MS busca despertar a consciência à necessidade de cuidar do planeta.

Jornal Midiamax