Cotidiano

Inscrições para apartamentos da Emha encerram na próxima semana

As inscrições para uma das 102 unidades habitacionais do residencial Sírio Libanês I, II e III, no bairro Santo Amarro, se encerram na próxima semana, dia 26. Os apartamentos fornecidos pela Emha (Agência Municipal de Habitação), com recurso do FAR (Fundo de Arrendamento Residencial) pelo Programa Minha Casa Minha Vida. Para os interessados, as inscrições […]

Kamila Alcântara Publicado em 17/04/2019, às 17h12 - Atualizado em 18/04/2019, às 09h24

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação - Foto: Divulgação

As inscrições para uma das 102 unidades habitacionais do residencial Sírio Libanês I, II e III, no bairro Santo Amarro, se encerram na próxima semana, dia 26. Os apartamentos fornecidos pela Emha (Agência Municipal de Habitação), com recurso do FAR (Fundo de Arrendamento Residencial) pelo Programa Minha Casa Minha Vida.

Para os interessados, as inscrições podem ser feitas pelo site da Emhaa qualquer hora do dia, até às 23h59 da data limite. Caso preferir, as inscrições podem ser feitas também de maneira presencial na Secretaria, localizada na rua Iria Loureiro Viana, 415, Vila Oriente, de segunda a sexta em horário comercial.

Cada apartamento do residencial mede 46,63 metros quadrados. “As famílias que tiverem interesse neste empreendimento devem se atentar quanto ao prazo de inscrição e não deixar para a última hora. Trata-se de uma oportunidade para aqueles que sonham com a casa própria”, afirma Enéas Netto, presidente da Emha.

Residencial Laranjeiras

Foi divulgado no Diário Oficial da Capital (Diogrande) desta quarta-feira (17) a abertura de mais uma fase de inscrição, agora para o residencial Portal das Laranjeiras, na avenida Nasri Siufi e para o residencial Jardim Inápolis, na avenida Pitangueira. Os interessados terão do dia 22 de abril, próxima segunda-feira, até 6 de junho para se cadastrar e concorrer a um dos 224 apartamentos.

Assim como o Sírio Libanês, o editar explica que as inscrições podem ser feitas até às 23h59 do dia limite ou comparecer na Emha. Os dados para inscrição devem ser preenchidos com maior quantidade de informações possíveis, preenchendo os campos obrigatórios, a fim de tornar fácil a localização caso o interessado seja sorteado.

O cidadão que já for cadastrado no sistema da Emha, mesmo que o seu cadastro estiver atualizado, necessita também se habilitar ao empreendimento de sua escolha. Outra informação importante é que se a pessoa se habilitou a determinado empreendimento social e, nesse ínterim, houver a abertura de outro processo seletivo, ela também poderá se inscrever, sem prejuízo de participação em outras inscrições.

Lembrando que a renda familiar não pode ultrapassar R$ 1.800. O cidadão precisa estar com todos os documentos pessoais atualizados, sobretudo quanto ao estado civil, também legíveis e em bom estado de conservação, caso seja sorteado para posterior constituição do dossiê de beneficiário.

Jornal Midiamax