Cotidiano

Inquérito apura possível dano ao rio Apa causado por atividades em 10 fazendas

Um inquérito civil aberto pelo MPMS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul) apura possíveis danos ambientais no rio Apa, no município de Bela Vista – localizado a 232 km de Campo Grande, na fronteira com o Paraguai. O trabalho, coordenado pelo promotor William Marra Silva Júnior, vai averiguar as atividades realizadas em 10 fazendas […]

Nyelder Rodrigues Publicado em 24/06/2019, às 14h42 - Atualizado às 17h26

(Foto: Edinho Corrêa)
(Foto: Edinho Corrêa) - (Foto: Edinho Corrêa)

Um inquérito civil aberto pelo MPMS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul) apura possíveis danos ambientais no rio Apa, no município de Bela Vista – localizado a 232 km de Campo Grande, na fronteira com o Paraguai.

O trabalho, coordenado pelo promotor William Marra Silva Júnior, vai averiguar as atividades realizadas em 10 fazendas da região e que estaria prejudicando o meio ambiente, às margens do rio Apa.

Entre os imóveis alvo da apuração, estão as fazendas Dois Corações, Conquista, Estrela, Estrela do Apa, Girassol, Canta Galo, Guanabara, Apaporã, Ibicui e Alegria, conforme publicado no Diário Oficial do MPMS.

Jornal Midiamax