Cotidiano

Ícone do sertanejo raiz de MS, violeiro Ivo de Souza será sepultado nesta tarde

O violeiro Ivo de Souza, ícone do sertanejo sul-mato-grossense, será sepultado na tarde deste domingo (20) no cemitério Monte das Oliveiras, localizado na avenida Guaicurus, numeral 700. Ele morreu no sábado (19) em um acidente de trânsito na BR-262. O sepultamento está previsto para as 16h. No momento, no mesmo local, acontece o velório de […]

Nyelder Rodrigues Publicado em 20/10/2019, às 10h50 - Atualizado às 16h26

Violeiro Ivo de Souza
Violeiro Ivo de Souza - Violeiro Ivo de Souza

O violeiro Ivo de Souza, ícone do sertanejo sul-mato-grossense, será sepultado na tarde deste domingo (20) no cemitério Monte das Oliveiras, localizado na avenida Guaicurus, numeral 700. Ele morreu no sábado (19) em um acidente de trânsito na BR-262.

O sepultamento está previsto para as 16h. No momento, no mesmo local, acontece o velório de Ivo. Ele comemoraria neste domingo 74 anos em um churrasco dançante a ser realizado na chácara Antártica. O violeiro tinha 45 anos de carreira.

Ivo começou a tocar ainda em 1965, ao lado do primo Janguinho, com quem no futuro ainda continuaria a parceria, em uma das mais tradicionais duplas do sertanejo raiz de Mato Grosso do Sul, Jango e Janguinho, surgida logo após Délio e Délinha.

O sucesso da dupla veio em 1968 e estouraram ao interpretar ‘Espero Ser Feliz’, de Teixeirenha. Após 30 anos, se tornaram Ivo de Souza e Janquinho, que se apresentaram em circos e bailões. A última apresentação da dupla foi em 2010, há nove anos.

Em 2014, o primo Janguinho faleceu em decorrência de um AVC (Acidente Vascular Cerebral). Florito e Edinelson foram outros nomes com quem Ivo dividiu os palcos e se consagrou como cantor e compositor.

Acidente na rodovia

O violeiro morreu após um grave acidente de carro na BR-262, próximo à Indubrasil, na rotatória da avenida Duque de Caxias. O músico seguia com seu Fiat Uno branco, no sentido Sidrolândia, quando perdeu o controle.

Ele acabou colidindo frontalmente contra uma carreta que vinha no sentido oposto. O socorro foi chamado, mas Ivo não resistiu aos ferimentos e morreu no local. No carro dele, estavam CDs, o violão e o chapéu do músico.

Jornal Midiamax