Cotidiano

Após morte de mulher na máquina de lavar, saiba como evitar choques em casa

Mexer com eletrodomésticos em seu pleno funcionamento, às vezes não é uma boa opção, ainda mais quando falamos de máquina de lavar roupa, água e energia elétrica. No último sábado (27), a dona de casa Delia Duarte Santa Cruz, 38 anos, morreu em Pedro Juan Caballero, após sofrer uma descarga elétrica enquanto fazia o uso […]

Vinícius Costa Publicado em 29/04/2019, às 14h40 - Atualizado às 18h55

Foto: Reprodução/Porã News
Foto: Reprodução/Porã News - Foto: Reprodução/Porã News

Mexer com eletrodomésticos em seu pleno funcionamento, às vezes não é uma boa opção, ainda mais quando falamos de máquina de lavar roupa, água e energia elétrica. No último sábado (27), a dona de casa Delia Duarte Santa Cruz, 38 anos, morreu em Pedro Juan Caballero, após sofrer uma descarga elétrica enquanto fazia o uso da sua máquina.

Nestes casos, é preciso tomar uma série de cuidados para não sofrer nenhum tipo de acidente. Por isso, o Jornal Midiamax conversou com a engenheira eletricista Bruna de Lima Cavalheiro, da Energisa MS, para entender como se prevenir e evitar ocorrências. De acordo com Bruna, é importante ficar atento ao projeto elétrico das residências. “Tudo dentro de uma casa, temos que começar com o projeto elétrico, procurar um profissional capacitado e competente para realizar as instalações internas.”

No caso que ocorreu em Ponta Porã, alguns fatores podem ter influenciado o acidente. A engenheira afirma que as condições do equipamento precisam ser levadas em consideração. “Muitas vezes o equipamento que ela manuseava não estava em boas condições, apresentando fios desencapados. A água é um excelente condutor de energia, ou seja, quanto mais perto estiver de aparelhos energizados, maior é o risco de choque elétrico”, diz.

Após morte de mulher na máquina de lavar, saiba como evitar choques em casa
Foto: Reprodução/Energisa

Celular na tomada

Muitas pessoas simplesmente não largam o aparelho celular, tornando o equipamento um potencial de risco. De acordo com a engenheira eletricista da Energisa, usá-lo enquanto está carregando na tomada é muito perigoso.

“A orientação é para nunca mexer com o telefone enquanto estiver carregando na tomada. Muitos atendem ligações e escutam músicas com o fones de ouvido. O risco pode ser, desde um choque elétrico, até um incêndio, como há vários casos de explosão de aparelhos no Brasil.”

Conforme Bruna, outra situação perigosa que as equipes já encontraram dentro das casas, é o número de equipamentos conectados em uma só régua. “Percebemos isso em vários locais e também é muito perigoso, pois sobrecarrega o circuito e pode gerar até um incêndio. É importante verificar o limite nominal de correntes e não colocar mais do que a régua pode suportar. Outra dica de segurança é desligar os equipamentos em dias chuvosos. Poucos fazem isso, mas dependendo de como a instalação interna foi feita, o risco de que uma descarga prejudique sua residência é muito grande.”

Jornal Midiamax