Cotidiano

Energia seguirá com bandeira tarifária amarela em janeiro, aponta Aneel

A Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) anunciou nesta sexta-feira (27), que a bandeira tarifária do mês de janeiro seguirá sendo da cor amarela. A decisão ocorreu ao constatar o baixo nível de armazenamento dos reservatórios do Sistema Interligado Nacional e devido ao regime de chuva abaixo do padrão histórico nas regiões. Com a manutenção […]

Vinícius Costa Publicado em 27/12/2019, às 21h40

None

A Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) anunciou nesta sexta-feira (27), que a bandeira tarifária do mês de janeiro seguirá sendo da cor amarela. A decisão ocorreu ao constatar o baixo nível de armazenamento dos reservatórios do Sistema Interligado Nacional e devido ao regime de chuva abaixo do padrão histórico nas regiões.

Com a manutenção da cor, a energia elétrica no primeiro mês do ano de 2020 terá um custo de R$ 1,343 para cada 100 quilowatts-hora que for consumido pelo cliente.

A Aneel explica que a previsão de janeiro aponta para certa elevação dos reservatórios, mas que ainda sim ficará abaixo da média. Além disso, a agência introduz o PLD (Preço da Energia) e GSF (Risco hidrológico) como fatores que determinaram a manutenção da cor da bandeira.

“Essa condição intermediária repercute na capacidade de produção das hidrelétricas, ainda demandando acionamento de parte do parque termelétrico, com impactos diretos na formação do preço da energia e nos custos relacionados ao risco hidrológico”.

Jornal Midiamax