Cotidiano

Com lixo e galhos de árvores, calçada fica intransitável e revolta moradores da Vila Planalto

Moradores do bairro Vila Planalto, em Campo Grande reclamam da sujeira acumulada em uma calçada no cruzamento da Avenida América e Rua José Bonifácio. Conforme relatos de uma moradora que prefere não ter o nome divulgado, há 4 meses o local acumula, além de galhos de árvores, lixo. “É um descaso com a limpeza pública. […]

Cleber Rabelo Publicado em 03/06/2019, às 18h30 - Atualizado às 18h58

Foto: Leitor
Foto: Leitor - Foto: Leitor

Moradores do bairro Vila Planalto, em Campo Grande reclamam da sujeira acumulada em uma calçada no cruzamento da Avenida América e Rua José Bonifácio.

Conforme relatos de uma moradora que prefere não ter o nome divulgado, há 4 meses o local acumula, além de galhos de árvores, lixo. “É um descaso com a limpeza pública. Do jeito que está fica difícil passar por ali, e o estranho é que nos bairros sempre aparece alguém da Prefeitura para multar. Já começaram a jogar lixo e só vem aumentando a quantidade”, reclama.

Com lixo e galhos de árvores, calçada fica intransitável e revolta moradores da Vila Planalto
Foto: Leitor

Ainda de acordo com a moradora, a suspeita é de que o proprietário da residência em frente à calçada é quem esteja jogando lixo no local. “Pelo o que vi, é o próprio morador da casa quem joga aqueles galhos. Tem um terreno grande na esquina e se fosse outra pessoa ele não iria deixar”, conta.

Por nota, a Prefeitura informou que uma equipe de fiscalização irá ao local. Conforme o órgão, a responsabilidade da disposição final dos resíduos é de seu gerador. “A Prefeitura tem atuado no sentido de coibir tais práticas realizando diariamente fiscalizações em todas as regiões urbanas. Disponibilizamos o telefone 153 para denúncias”.

A Prefeitura informou ainda, que o cidadão que for flagrado realizando o descarte irregular de resíduos responderá por crime ambiental. “Caso flagrado por um agente fiscal de meio ambiente da Semadur (Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Gestão Urbana), será autuado por poluição ambiental. As multas podem variar entre R$ 2,2 mil e R$ 8,9 mil.

Jornal Midiamax