Cotidiano

ACP vai convocar assembleia para avaliar proposta de reajuste da Prefeitura

A proposta da Prefeitura sobre o reajuste salarial dos professores e profissionais da educação do município não atendeu os anseios da categoria, conforme dito pelo presidente da ACP (Sindicato Campo-Grandense dos Profissionais da Educação), Lucílio Nobre. A proposta foi entregue para o sindicato na manhã desta segunda-feira (6) e haverá uma assembleia para discutir o […]

Vinícius Costa Publicado em 06/05/2019, às 11h20

(Foto: Divulgação/PMCG)
(Foto: Divulgação/PMCG) - (Foto: Divulgação/PMCG)

A proposta da Prefeitura sobre o reajuste salarial dos professores e profissionais da educação do município não atendeu os anseios da categoria, conforme dito pelo presidente da ACP (Sindicato Campo-Grandense dos Profissionais da Educação), Lucílio Nobre. A proposta foi entregue para o sindicato na manhã desta segunda-feira (6) e haverá uma assembleia para discutir o assunto.

“Não é aquilo que a categoria espera. A Prefeitura encaminhou hoje de manhã e vou apresentar essa proposta para a diretoria no período da tarde e vamos deliberar a convocação de uma assembleia geral para apresentar para a categoria”, disse Lucílio.

A proposta encaminhada pelo prefeito Marquinhos Trad não foi detalhada pelo presidente do sindicato, mas deve ser discuta com a categoria e a partir da assembleia, será decidido o destino dela. “Quem tem que dizer que aceita ou não aceita é a categoria e a categoria delibera em assembleia geral”.

De acordo com o sindicalista, a categoria reivindica pelos 4,17% que deveria entrar em vigor a partir do dia 1° de maio deste ano em referência a Lei Municipal e afirma que existe um passivo de cerca de 17% para a categoria, porém Lucílio explica que isso não é detalhado se deveria ou não ser aplicado neste ano.

“Não contempla tudo isso, mas tem uma proposta da Prefeitura e toda a vez que ela [prefeitura] apresenta a proposta quem tem que dizer que aceita ou não aceita é a categoria e a categoria delibera em assembleia geral”, completou.

Jornal Midiamax