Cotidiano

Prefeitura de Campo Grande busca parceria com universidades para ampliar serviços do CCZ

O prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD) se reuniu na manhã desta segunda-feira (23) com universidades para discutir apoio para ampliar serviços do CCZ (Centro de Controle de Zoonoses). A reunião contou com a presenta de reitores e representantes de três universidades que têm o curso de Medicina Veterinária.

Mylena Rocha Publicado em 23/07/2018, às 12h28

Foto: PMCG
Foto: PMCG - Foto: PMCG

O prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD), se reuniu na manhã desta segunda-feira (23) com universidades para discutir apoio para ampliar serviços do CCZ (Centro de Controle de Zoonoses). A reunião contou com a presença de reitores e representantes de três universidades que têm o curso de Medicina Veterinária.

Segundo a Prefeitura, o objetivo é estabelecer uma parceria com as instituições para beneficiar regiões de maior vulnerabilidade, com atendimento veterinário e castrações. A proposta é de ampliar serviços feitos apenas pelo CZZ, com o apoio técnico e de estrutura física das universidades. A parceria seria estabelecida por meio de convênios, a exemplo do COAPS (Contrato Organizativo da Ação Pública da Saúde).

“Não podemos mais fechar os olhos para a causa animal, porque não se trata somente da saúde do cão ou do gato, mas da saúde como um todo. Essa união de esforços é extremamente importante e com a contribuição de cada um vamos criar um modelo de política pública voltada a causa animal a ser referência para todo o país”, destaca o prefeito Marquinhos Trad.

O reitor da UCDB (Universidade Católica Dom Bosco), Padre Ricardo Carlos, acredita que a parceria é importante e que universidade está aberta para ajudar. Já a vice-reitora da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), Camila Celeste Brandão Ferreira Ítavo, destacou que a universidade tem desenvolvido ao longo dos anos diversos projetos em relação à saúde animal, que podem ser impulsionados através da parceria com o Poder Público.

O reitor da Uniderp-Anhanguera, Taner Douglas Alves Bitencourt também esteve presente. Ficou definido que será montada uma comissão intersetorial para definir um fluxo de trabalho e oficializar a parceria com as instituições.

Jornal Midiamax