Cotidiano

MS conta novamente com projetos no leilão de energia nova de abril

Projetos não foram arrematados em dezembro

Tatiana Marin Publicado em 12/01/2018, às 19h22

None

Projetos não foram arrematados em dezembro

A EPE (Empresa de Pesquisa Energética) marcou novo Leilão de Energia Nova (A4) para o mês de abril e Mato Grosso do Sul tem nova oportunidade de concretizar projetos de usinas de energia com fontes renováveis ‒ solar e biomassa. Além dos lentos passos do País em relação ao tema, nos leilões realizados em dezembro, nenhum projeto foi arrematado no Estado.

Conforme divulgado pela EPE, 29 projetos foram cadastrados para o Mato Grosso do Sul, sendo 20 de usinas fotovoltaicas, com capacidade total de geração  1.184 megawatts e 9 térmicas a biomassa, com produção de 375 kilowatts.

No leilão realizado em dezembro, que contou com 31 projetos para o Estado, nenhum foi arrematado, seja por indústrias ou pela Energisa. Consultada, a concessionária não informou o motivo da falta de interesse ‒ falta de demanda ou alto preço ofertado.

Dados da CCEE (Câmara de Comercialização de Energia Elétrica), que operacionalizou o leilão, mostram que houve deságio de 54,65% aos preços-teto estabelecidos inicialmente, com preço médio de 144,51 por megawatt/h. No total o certame movimentou R$ 5,6 bilhões em contratos, equivalentes a um montante de 39.113.822,400/MWh de energia.

MS conta novamente com projetos no leilão de energia nova de abril

Dos 25 empreendimentos contratados, 20 são usinas solares fotovoltaicas, duas eólicas, uma térmica movida a biomassa e uma pequena central hidrelétrica.

Jornal Midiamax