Cotidiano

Em Campo Grande, ministro diz que não aceita ideologização em escolas

Durante visita a Campo Grande, nesta terça-feira (13), para entrega de reformas em escolas estaduais, o Ministro da Educação Rossieli Soares, comentou sobre o projeto da ‘Escola sem Partido”. Rossieli afirmou que não aceita ideologização em escolas, porém, disse que o Brasil não precisa de uma lei para definir o que professores podem ou não […]

Wendy Tonhati Publicado em 13/11/2018, às 12h33 - Atualizado às 14h31

Ministro comento projeto da Escola sem Partido (Foto: Marcos Ermínio)
Ministro comento projeto da Escola sem Partido (Foto: Marcos Ermínio) - Ministro comento projeto da Escola sem Partido (Foto: Marcos Ermínio)

Durante visita a Campo Grande, nesta terça-feira (13), para entrega de reformas em escolas estaduais, o Ministro da Educação Rossieli Soares, comentou sobre o projeto da ‘Escola sem Partido”. Rossieli afirmou que não aceita ideologização em escolas, porém, disse que o Brasil não precisa de uma lei para definir o que professores podem ou não ensinar nas escolas públicas, uma vez que já é proibido fazer propaganda política nas salas de aula.

“Primeiro, não dá para aceitar nenhum tido de ideologização ou partidarização dentro de escola, universidade ou qualquer ambiente”, afirmou Rossieli. Ao comentar a questão, o ministro citou que um terço das crianças não sabem ler e, que problemas como esse, deveriam ser a prioridade. “Nós estamos discutindo outras coisas. Temos que discutir porque a criança não está aprendendo dentro da escola brasileira”, destacou o ministro.

O projeto de lei da Escola sem Partido é uma das bandeiras do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) para a educação. Porém, o atual ministro entende que não é necessário uma lei. “Também entendo que não precisamos de uma lei para isso [Lei da Escola Sem Partido]. Temos que utilizar e melhorar os canais que são importantes dentro da educação. A escola tem que ter condições de resolver os seus conflitos. É uma questão de o Brasil colocar a prioridade onde deve ser colocada”, completou o ministro.

O Ministro da Educação Rossieli Soares está em Campo Grande para assinar obras de melhorias na Escola Estadual Lúcia Martins Coelho, entregar a reforma da Escola Estadual José Barbosa Rodrigues e lançar a implementação do Centro Nacional de Mídias no Estado. Rossieli comentou sobre o Enem (Exame Nacional de Ensino Médio) e disse que o exame deve ser revisto nos próximos anos, com a aprovação da Base Nacional Comum Curricular para o Ensino Médio.

Jornal Midiamax