Cotidiano

Mesmo com reforço médico, UPA Coronel Antonino enfrenta caos com lotação e demora

Mesmo com reforço na equipe médica, UPA (Unidade de Pronto Atendimento) no Bairro Coronel Antonino não consegue atender a demanda de pacientes que aguardam para serem atendidos nesta quarta-feira (18) em Campo Grande. Com cinco clínicos gerais e seis pediatras para atender cerca de 70 pessoas, atendimento acaba sendo demorado. Ao Jornal Midiamax, uma paciente […]

Mariane Chianezi Publicado em 18/07/2018, às 17h03 - Atualizado às 19h07

Foto: Divulgação/WhatsApp Midiamax
Foto: Divulgação/WhatsApp Midiamax - Foto: Divulgação/WhatsApp Midiamax

Mesmo com reforço na equipe médica, UPA (Unidade de Pronto Atendimento) no Bairro Coronel Antonino não consegue atender a demanda de pacientes que aguardam para serem atendidos nesta quarta-feira (18) em Campo Grande. Com cinco clínicos gerais e seis pediatras para atender cerca de 70 pessoas, atendimento acaba sendo demorado.

Ao Jornal Midiamax, uma paciente contou que espera desde às 9h da manhã para passar por consulta pois tem problema renal e sente muitas dores. “Meus rins só funcionam 60%, estou com muita dor e nem consigo andar”, disse uma adolescente de 17 anos.

Aguardando por consulta junto à mãe e a irmã, a jovem disse que outros pacientes, com situações mais graves estavam sentados à espera de médico. “Uma senhora estava aguardando por 2 horas para receber pontos em um corte na mão, aí a gente reclamou e ela foi atendida”, comentou.

A assessoria de imprensa da Prefeitura Municipal informou, por meio de nota, que pela manhã, uma equipe médica de apoio foi enviada até a unidade para reforçar atendimento e o mesmo aconteceu durante a tarde.

“Os pacientes classificados como verde e azul são preteridos dos classificados como amarelo e vermelho, entretanto todos os pacientes estão sendo atendidos dentro do tempo protocolar. A grande demanda de pacientes acarreta um tempo maior de espera pelo atendimento, mas todos os esforços necessários estão sendo empenhados, como o envio de mais um médico para reforçar a equipe e atender os pacientes”, diz trecho de nota.

Fale com os jornalistas do Midiamax: A leitora enviou as imagens ao WhatsApp do Jornal Midiamax no número (67) 9207-4330. O canal de comunicação serve para os leitores falarem com os jornalistas. Flagrantes inusitados, denúncias, reclamações e sugestões podem ser enviados com total sigilo garantido pela lei.

Jornal Midiamax