Cotidiano

Biometria teve movimento tranquilo nas últimas horas de atendimento deste domingo

Às 17 horas os portões foram fechados

Tatiana Marin Publicado em 18/03/2018, às 20h37

None

Às 17 horas os portões foram fechados

Após várias horas de filas quilométricas, o final da tarde teve movimento tranquilo de eleitores nos dois locais que estão realizando a biometria neste domingo (18). Próximo das 17h, horário em que teoricamente o atendimento é encerrado, poucas pessoas chegavam para fazer o procedimento.

A espera para sair com o título novo nas mãos no início da tarde era de 6 horas na sede do TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul) no Parque dos Poderes. No Memorial da Cultura, que fica na avenida Fernando Correia da Costa o tempo de fila chegou a 7 horas.

Filas diminuíram

Biometria teve movimento tranquilo nas últimas horas de atendimento deste domingo

No TRE-MS a fila era um pouco maior às 17h, e as pessoas esperavam dentro do prédio. A previsão é de que o atendimento seja finalizado próximo das 20h. A dona de casa Maria de Lourdes, que estava com o marido na fila, levou cerca de 3 horas para ser atendida. Segundo ela, o atendimento após o recebimento da senha estava ágil e organizado. Ela afirma que “a culpa da demora é mais pelo número de pessoas que deixaram para o último dia”.

Celso, um estudante de educação física, veio com a namorada, que já havia realizado o procedimento, enquanto ele deixou para última hora e chegou quando os portões já estavam fechados. “Por relaxismo mesmo, achei que ia dar tempo”. Entretanto ele está tranquilo, pois foi orientado pelos funcionários de que não se sabe se o Fórum Eleitoral vai abrir na próxima semana, mas que ainda pode fazer o cadastramento, pagar o valor de R$ 3,50 e regularizar a situação até 9 de maio.

Jornal Midiamax