Cotidiano

VÍDEO: ônibus ‘quase tombam’ ao passarem por trecho com crateras

Rua termina com buraco de cerca de 2 metros

Midiamax Publicado em 09/05/2017, às 14h04

None
crateras_-_perpetuo_socorro_-_aline_machado_-_midiamax_11.jpg

Rua termina com buraco de cerca de 2 metros

Cruzamento da Rua Traíra com a Avenida Ana Batista Caminha, no Bairro Perpétuo Socorro em Campo Grande, tem preocupado moradores da região. O trecho é percorrido por ônibus da linha 102 – que fazem o trajeto Guaicurus / Hércules Maymone. As crateras no local dificultam a passagem dos veículos e aumentam o risco de acidentes. Quem depende do transporte público diz que a impressão é de que os coletivos vão tombar ao passarem pelos buracos.

“Os ônibus passam quase tombando e parece até que vai cair”, relata a manicure Viviane Cristina da Silva, de 31 anos. Um vídeo gravado na manhã desta terça-feira (9), mostra a situação do local.

Problema nas ruas fez com que a aposentada Nadir Rocha, de 71 anos, optasse por percorrer o caminho até a casa do filho a pé. 

“Esses dias atrás o ônibus quase tombou. O impacto dos buracos foi tão grande que os passageiros que estavam sentados bateram a cabeça no banco da frente. É perigoso, precisam arrumar antes que aconteça algo pior”, observa.

Morador da região há 10 anos, Iris Sarmento, de 68 anos, afirma que o problema começou durante as chuvas em dezembro de 2016 e que desde então a cratera tomou conta do cruzamento. 

“Essa cratera era menor, mas a cada chuva aumenta mais o buraco. Os ônibus enfrentam muita dificuldade para passarem por aqui e em breve podem nem conseguir fazer esse trajeto. Isso é falta de atenção do poder público”, afirma.

O motociclista Nelson Cheles Teles, de 20 anos, também reclama da situação. “É muito ruim. Não podemos nem enfeitar a moto porque estraga tudo, sem contar que isso é perigoso. Mais um pouco e não vamos conseguir passar por aqui”, declara.

Moradores afirmam que informaram o problema à Prefeitura, mas que nenhuma providência foi adotada pela Sisep (Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos).

Avenida termina com cratera

A equipe de reportagem do Jornal Midiamax entrou em contato com a assessoria de comunicação da Prefeitura, mas até o fechamento deste texto não obteve resposta.

WhatsApp: fale com os jornalistas 

O leitor enviou as imagens ao WhatsApp do Jornal Midiamax, no número (67) 99207-4330. O canal de comunicação serve para os leitores falarem com os jornalistas. Flagrantes inusitados, denúncias, reclamações e sugestões podem ser enviados com total sigilo garantido pela lei.

ASSISTA AO VÍDEO.

Jornal Midiamax