Cotidiano

VÍDEO: leitor registra ônibus escolar a quase 80 km/h em estrada de MS

Prefeitura deu advertência ao motorista 

Wendy Tonhati Publicado em 04/10/2017, às 14h52

None

Prefeitura deu advertência ao motorista 

Um leitor do Jornal Midiamax registrou em vídeo, a velocidade que um ônibus do transporte escolar percorre uma estrada de terra da região da BR-163, em Nova Alvorada do Sul – a 120 quilômetros de Campo Grande.

As imagens foram feitas na Estrada do Portão Quebrado. O ônibus, que leva alunos que moram nas fazendas região, segue da lá para a BR-163 e vai para as escolas. O leitor que encaminhou as imagens é avô de uma criança que utiliza o transporte e diz que entrou em contato com a prefeitura da cidade, mas que não obteve resposta da reclamação.

VÍDEO: leitor registra ônibus escolar a quase 80 km/h em estrada de MS

O leitor diz ainda que após encaminhar as imagens à prefeitura, o motorista fez um vídeo mostrando que andava em velocidade compatível com o recomendado no trânsito e o chamou de idiota.

As imagens também foram encaminhadas ao Jornal Midiamax. Porém, o trecho mostrado pelo motorista do ônibus é uma parte de asfalto da região.

A Prefeitura de Nova Alvorada do Sul informou ao Jornal Midiamax que após o vídeo ter sido encaminhado à prefeitura da cidade pelo leitor, o motorista do ônibus foi advertido pelo secretário de educação.

Também foi informado que na próxima quinta-feira (5) será publicada uma resolução que determina o limite de velocidade do ônibus escolar: 40 a 60 km/ em estrada de terra e até 70 km/h no asfalto. Os tacógrafos dos veículos também serão auferidos pelas equipes da prefeitura.

Denúncias e reclamações

Envie diretamente para os jornalistas do Midiamax sua denúncia, flagrante ou sugestão. Você nem precisa se identificar. A preservação da sua identidade é garantida constitucionalmente e o jornal respeita sua confiança em nosso trabalho. Quanto mais detalhes, documentos ou informações você enviar, mais rápido o trabalho dos repórteres.

Se estiver no celular e preferir, use o WhatsApp do jornal: (67) 992074330.

Jornal Midiamax