Cotidiano

Vereador quer barrar ‘ritos religiosos e orgias sexuais’ em cemitérios da Capital

Cemitérios estão sem manutenção 

Midiamax Publicado em 29/06/2017, às 15h14

None

Cemitérios estão sem manutenção 

O abandono dos cemitérios públicos em Campo Grande foi tema de audiência pública na Câmara Municipal, e segundo o vereador Otávio Trad (PTB), a segurança deverá ser redobrada nestes locais para impedir ‘ritos religiosos e orgias sexuais’, disse ele durante a tribuna desta quinta-feira (29). 

O vereador frisou que esses casos estão se tornando comuns nas madrugadas, devido à falta de segurança, e propôs reforço de rondas policiais pelos cemitérios da cidade. “Sem impedimento o acesso é fácil”, comentou. A audiência foi convocada pela Comissão Permanente de Segurança Pública, que de acordo com Otávio é em resposta ao número elevado de reclamações que tem recebido pelas redes sociais e também de pessoas que o procuraram no gabinete.

O responsável pela administração dos cemitérios públicos, Marcos Gomes, da Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano) revelou os problemas são consequência do déficit de funcionários e ausência de equipamentos para garantir a manutenção desses locais. 

Em relação ao baixo número de funcionários, Otávio Trad disse que irá pedir ao executivo que complete o quadro com trabalhadores oriundos do Proinc (Programa de Inclusão Profissional). Vereador quer barrar ‘ritos religiosos e orgias sexuais’ em cemitérios da Capital

Abandono 

No mês passado, o Jornal Midiamax mostrou o abandando do cemitério Santo Amaro -considerado o maior de Campo Grande, com 27 hectares e onde há, em média, 40 mil pessoas sepultadas. As quadras estavam tomadas pelo mato alto, e visitantes denunciavam o esquecimento do Poder Público. 

Jornal Midiamax