Cotidiano

Trabalhadores lotam Praça do Rádio em comemoração ao 1º de maio

Organização espera 30 mil pessoas

Midiamax Publicado em 01/05/2017, às 19h05

None
whatsapp_image_2017-05-01_at_15.41.32.jpeg

Organização espera 30 mil pessoas

A 4ª Festa do Trabalhador, organizada pela Força Sindical em Campo Grande, começa no início desta tarde (1) com uma Praça lotada de pessoas. Secretário da central sindical, Adalto Cândido de Almeida espera a presença de 30 mil pessoas na Praça do Rádio nesta segunda.

Para ele, o evento está estruturado em 4 pilares: protesto, comemoração, sorteio e solidariedade. O protesto tem relação com o cenário político e econômico do país, a comemoração, na opinião dele, é a possibilidade do trabalhador ter um dia para si, de descanso, e aproveitar os sorteios durante a tarde. Por último, a solidariedade, já que a doação de alimentos é uma exigência para participar do sorteio.

“É um marco, e as reformas são um desmanche e a gente não tem muito o que comemorar porque estamos sofrendo com as atitudes desse governo. Mas o trabalhador merece um dia para aproveitar e relaxar”, comentou Adalto.

No último ano, a festa arrecadou cerca de 12 mil quilos de alimentos, que foram destinados para 120 instituições de caridade. Este ano, a organização espera enviar para as entidades 20 mil quilos de alimento. As instituições escolhidas são aquelas que não estabelecem convênio com o poder público.

Um carro zero, duas motocicletas, dois aparelhos televisores e três bicicletas serão sorteados durante a festa. Na Praça, a organização disponibilizou banheiros químicos e ambulância. Os trabalhadores ainda assistem aos shows de 6 duplas musicais. A Força Sindical contempla 88 sindicatos, que orientam os trabalhadores durante o evento, sobre a reformas em vigência no Congresso.

Jornal Midiamax