Cotidiano

Trabalhadores da Solurb rejeitam proposta e coleta e varrição continuam paradas

Assembleia foi realizada na manhã desta sexta-feira

Midiamax Publicado em 07/04/2017, às 14h37

None
img-20170407-wa0007.jpg

Assembleia foi realizada na manhã desta sexta-feira

Durante assembleia realizada na manhã desta  sexta-feira (7), funcionários da CG Solurb Soluções Ambientais, concessionária responsável pelos serviços de limpeza urbana e manejo dos resíduos de Campo Grande, rejeitaram proposta feita pela empresa e decidiram  manter a paralisação das atividades. 

Segundo o presidente do Steac (Sindicato dos Trabalhadores nas Empresas de Asseio e Conservação de Mato Grosso do Sul), Wilson Gomes da Costa, a Solurb propôs que os funcionários esperassem até que o pagamento fosse efetuado na terça-feira (11).

"Eles não aceitaram. Por enquanto um grupo permanece no pátio da empresa até o fim do expediente, ás 15h40. Ainda temos a esperança de que a empresa tome alguma providência ainda hoje. Já é sexta-feira, o salário deveria ser pago ontem, as o ticket tinha de ser depositado no dia 1°", observa.

Conforme dados do sindicato, a empresa conta com 1.200 funcionários. Nesta manhã, 70% interromperam as atividades e outros 30% continuam trabalhando em escala de revezamento.

Em nota publicada ontem, a empresa justificou que o pagamento do salário e do vale alimentação estava programado, porém, não foi efetuado em virtude de uma “determinação da Justiça do Trabalho que mandou [a empresa] devolver o recurso para a Prefeitura, por entender que acordo entre as partes já não estaria mais vigente”.

A assessoria de comunicação da empresa, destacou ainda que existe “o entendimento entre a concessionária e a Prefeitura de que o acordo está extinto, mas as obrigações descritas, relativas ao mês de março, encontram-se pendentes” e que busca, com apoio do Município, alternativa para repassar os recursos hoje.

Questionada a respeito, a assessoria de comunicação da Prefeitura, confirma que há trabalho em conjunto entre Município e Solurb para que a situação seja solucionada e ressalta que aguarda documentação para que o repasse seja feito.

Jornal Midiamax