Cotidiano

Trabalhadores da Omep e Seleta recebem R$ 1,7 milhão até a meia-noite, afirma secretário

Pagamento obedece decisão judicial 

Midiamax Publicado em 11/08/2017, às 20h24

None

Pagamento obedece decisão judicial 

A Prefeitura de Campo Grande depositou nesta sexta-feira (11), conforme decisão judicial, um total de R$ 1.791.269,98 aos 2,5 mil ex-terceirizados que prestavam serviço ao município através de convênios com as instituições Omep e Seleta, referente aos dias trabalhados no mês de julho. De acordo com Pedro Pedrossian Neto, secretário de finanças do município, os valores devem cair na conta dos trabalhadores até a meia-noite. 

Segundo o secretário, o dinheiro não apareceu mais cedo nas contas dos trabalhadores devido a “questões operacionais”, e explicou que os funcionários têm conta salário, vinculada exclusivamente com as instituições, e a operação de crédito precisou ser resolvida. “Até a meia-noite todos terão recebido”, afirmou. 

Trabalhadores da Omep e Seleta recebem R$ 1,7 milhão até a meia-noite, afirma secretário

O combinado é que mensalmente, a partir de setembro, a prefeitura pague R$ 2 milhões em verbas rescisórias aos funcionários demitidos. Em janeiro do ano que vem, o que restar dos acordos deverá ser quitado pelo município conforme determinação da Justiça.

A ordem de recebimento das verbas será definida conforme o quanto cada ex-terceirizado tem para receber. Montantes menores serão pagos primeiros, ou seja, aqueles que tem os maiores valores para receber terão os valores depositados por último.

Jornal Midiamax