Cotidiano

Terceirizada de limpeza atrasa pagamento do 13º e revolta funcionários

Empresa informou que pagaria até esta quinta-feira (21)

Raiane Carneiro Publicado em 21/12/2017, às 18h40

None

Empresa informou que pagaria até esta quinta-feira (21)

Os funcionários da empresa responsável por fazer a limpeza dos postos de saúde da Capital, Mega Serv, não receberam até a tarde desta quinta-feira (21). Conforme a denúncia de uma funcionária, a empresa atrasou o pagamento sem dar previsão aos trabalhadores. A empresa informou que o pagamento sairia nesta quinta.

Uma funcionária que pediu para ter sua identidade preservada informou ao Jornal Midiamax que até a tarde desta quinta não havia caído o 13º salário. “Até agora nada, nem previsão de 13º”, disse.

A gratificação natalina é prevista na legislação trabalhista para ser pago integralmente até o dia 20 de dezembro ou em duas parcelas. No caso do parcelamento, a primeira parte pode ser paga a partir do dia 1º de fevereiro até o dia 30 de novembro, enquanto a segunda, até o dia 20 de dezembro.

Conforme a trabalhadora, todos os funcionários estão sem receber o dinheiro. “Ninguém recebeu. Nós estamos na espera, até agora nada. Não é só eu, são os 300 funcionários da Mega Serv”, afirma. A funcionária ainda explica que não é a primeira vez que a empresa atrasa o pagamento do 13º salário. “No ano passado, eles pagaram no dia 24 [de dezembro] e no dia 24, não adianta mais”, lembra.Terceirizada de limpeza atrasa pagamento do 13º e revolta funcionários

A equipe entrou em contato com a empresa e recebeu a informação de um funcionário que o dinheiro seria pago nesta quinta-feira. Sobre o atraso, o atendente informou apenas que foi decorrente de ‘questões bancárias’.

WhatsApp: fale com os jornalistas do Midiamax

O leitor enviou as imagens ao WhatsApp do Jornal Midiamax no número (67) 99207-4330. O canal de comunicação serve para os leitores falarem com os jornalistas. Flagrantes inusitados, denúncias, reclamações e sugestões podem ser enviados com total sigilo garantido pela lei.

Jornal Midiamax