Cotidiano

Problema na entrega deixa pacientes com HIV sem medicamento no HU

Quase 20 pacientes ficaram sem antirretroviral

Wendy Tonhati Publicado em 05/07/2017, às 14h44

None

Quase 20 pacientes ficaram sem antirretroviral

Os pacientes com HIV que fazem tratamento no Hospital Dia do HU (Hospital Universitário Maria Aparecida Pedrossian) estão enfrentando dificuldades para ter acesso a dois medicamentos essenciais.

Um dos pacientes denunciou a situação ao Jornal Midiamax preocupado com a possibilidade de o tratamento ficar em risco. “A medicação é de responsabilidade Federal e estamos a um passou de descontrole geral. Isso coloca em risco não só o meu tratamento, mas, de muitos”.

A Ebserh (Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares) – que administra o HU – confirmou a falta do antirretroviral Lamivudina e o baixo estoque do antirretroviral Zidovudina. Segundo o hospital, o atraso na entrega dura 30 dias, mas o Hospital Dia possuía alguns medicamentos em estoque, conseguindo atender nos últimos 30 dias 56 dos 75 pacientes que precisam dos medicamentos. Ou seja, 19 pacientes ficaram sem o Lamivudina.

Ainda conforme o Hospital Universitário o atraso na entrega ocorreu por responsabilidade do programa nacional de IST AIDS (Infecção Sexualmente Transmissível AIDS), do Ministério da Saúde.

Problema na entrega deixa pacientes com HIV sem medicamento no HU

WhatsApp: fale com os jornalistas do Midiamax

O leitor enviou as informações ao WhatsApp do Jornal Midiamax no número (67) 99207-4330. O canal de comunicação serve para os leitores falarem com os jornalistas. Flagrantes inusitados, denúncias, reclamações e sugestões podem ser enviados com total sigilo garantido pela lei.

Jornal Midiamax