Cotidiano

Prefeito vai usar ‘reservas’ do 13º salário para pagar Omep e Seleta

Rescisões de terceirizados podem chegar a R$ 25 milhões

Wendy Tonhati Publicado em 03/08/2017, às 13h10

None

Rescisões de terceirizados podem chegar a R$ 25 milhões

Durante agenda pública na manhã desta quinta-feira (3), o prefeito Marcos Trad (PSD) voltou a comentar o pagamento das rescisões dos trabalhadores da Omep (Organização Mundial para Educação Pré-Escolar) e Seleta Sociedade Caritativa. O prefeito revelou que ainda não é possível saber de onde sairão os recursos usados para a Prefeitura pagar o 13° dos servidores.

Marquinhos disse que “o pouco que tinha economizado [nos caixas da Prefeitura] vai ser usado para pagar os trabalhadores da Omep e Seleta” e que está “buscando alternativa para que não haja notícias de presunção [da situação], pois notícia dessa natureza, prejudica o comércio”. O prefeito disse ainda, que esse cenário é caso, “não surja outra coisa da Justiça e do MP (Ministério Público Estadual).

Quanto as rescisões dos mais de quatro mil terceirizados das duas entidades, o prefeito disse que “cada dia vem uma soma”, mas que, pela média, deve ficar em torno de R$ 20 a 25 milhões.

13° Salário

A Prefeitura também já indicou que deve apostar na venda da folha de pagamento para assegurar o décimo terceiro dos servidores neste ano. O leilão está previsto para novembro.

Em entrevista, o secretário de Finanças e Planejamento, Pedro Pedrossian Neto explicou que a medida deve representar ao menos metade dos R$ 90 milhões a serem desembolsados no final do ano. A folha de pagamento do município representa R$ 107 milhões, porém desembolso da gratificação não contabiliza professores convocados pela Secretaria Municipal de Educação.Prefeito vai usar ‘reservas’ do 13º salário para pagar Omep e Seleta

Em 2016, os servidores receberam salários e décimo terceiro de forma parcelada por faixas salariais. Apenas os servidores que ganham salário de até R$ 2 mil tiveram o pagamento integral. Já os servidores com salários acima deste valor, tiveram os honorários parcelados em duas vezes.

Em 2015, prefeito Alcides Bernal só concluiu o pagamento dos salários do 13º em janeiro de 2016. À época, quem ganhava salário de até R$ 2 mil recebeu o 13º salário integralmente, já os trabalhadores com salários maiores, receberam em duas parcelas: uma em 18 de dezembro e a segunda em 15 de janeiro.

Jornal Midiamax