Cotidiano

Passageiros reclamam de ônibus caindo aos pedaços e de banheiro de terminal

Usuário do transporte coletivo flagrou banheiro trancado

Wendy Tonhati Publicado em 16/02/2017, às 12h15

None
caa7c72e-27b7-44ed-b021-78cb583805cc.jpg

Usuário do transporte coletivo flagrou banheiro trancado

Enquanto esperam pelos novos ônibus e por melhorias nos terminais de transbordo, prometidas pela Prefeitura, os usuários do transporte coletivo seguem sofrendo com as más condições do serviço. Diariamente são encaminhadas reclamações ao Jornal Midiamax sobre a situação em Campo Grande. 

Nos terminais, uma das principais reclamações é com relação aos banheiros. No ponto de integração Avedis Balabanian, mais conhecido como Hércules Maymone, a reclamação é sempre a mesma: o banheiro feminino fica trancado com corrente e cadeado e só é aberto para a utilização do funcionários. 

“Isso não é justo. Interditar um banheiro só pra eles [funcionários] e, nós, o ‘povão’ usar junto com os homens”, segundo a leitora, uma funcionária teria dado a informação que o banheiro não é para a utilização dos passageiros. Pelo local, passam pelo menos 20 mil pessoas por dia.          

Enquanto os 100 novos ônibus, prometidos pelo prefeito Marcos Trad não chegam, os passageiros continuam sofrendo com a frota caindo aos pedaços, literalmente. “Esse é o teto do ônibus que estamos. Linha 070, ônibus número 1034”, informa um leitor que fez imagens do teto do veículo.070 'caindo aos pedaços'

“Esperamos ansiosos pela nova frota de ônibus que, segundo o prefeito Marcos Trad, e o Consórcio Guaicurus, devem chegar até o mês de março, porque é uma barulheira desses ônibus, que parece estar tudo solto por baixo. Não está fácil não”, afirma um leitor que fez imagens do ônibus chacoalhando pela Capital. 

A mesma reclamação foi feita por usuário da linha 083, Terminal Nova Bahia-Aero Rancho, sobre o veículo número 2027. “Não tem condições de andar naquilo. As pessoas estão até correndo risco de vida. Parece que não tem um amortecedor”, diz. 

Outra reclamação feita, dessa vez em um grupo do Facebook, foi sobre o troco no Peg Fácil da Afonso Pena. Segundo uma usuária do transporte coletivo, ao tentar comprar o passe com R$ 4, foi questionada se não tinha R$ 0,05 para facilitar o troco. Diante da negativa dela, a funcionária do Consórcio Guaicurus teria falado para ela ir compra na outra estação. 

Passageiros reclamam de ônibus caindo aos pedaços e de banheiro de terminal

Sobre os banheiros trancados nos ponto de integração , a Prefeitura de Campo Grande informou por meio de nota que:Passageiros reclamam de ônibus caindo aos pedaços e de banheiro de terminal

Normalmente, quando isso ocorre, é porque o banheiro apresenta algum problema e o funcionário do Ponto de Integração Avedis Balabanian foi obrigado a fechar o banheiro, até que o problema seja solucionado. O setor  responsável pelos terminais na Agetran ainda não estava sabendo do ocorrido. Um técnico irá verificar e ver que providências precisam ser tomadas. Lembrando que o usuário pode informar a Agetran por meio do telefone 118”. 

Ônibus

A previsão é de 80 novos ônibus cheguem à Capital até o final de março e já comecem a rodar na  em abril. Os ônibus serão comprados pelo Consórcio Guaicurus, responsável pelo transporte coletivo em Campo Grande. Eles terão custo de R$ 26 milhões e, aproximadamente, 10 terão ar condicionado ou climatizador.

Jornal Midiamax